Recife é a 22ª cidade mais violenta do mundo, segundo ONG Mexicana

A capital pernambucana subiu no ranking em comparação com o ano 
passado em que estava na 28ª posição

A capital pernambucana subiu no ranking em comparação com o ano passado: antes configurava na 28ª posição com os dados de 2016. A média da Cidade foi de 47,89 homicídios a cada 100 mil habitantes. - Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem

JC Online

Com uma média de 54,43 homicídios a cada 100 mil habitantes, o Recife configura a 22ª posição no ranking de cidades mais violentas do mundo. O levantamento é realizado anualmente pela ONG mexicana Segurança, Justiça e Paz e tem a cidade de Los Cabos, no México, como campeã na lista com a taxa de 111,33 homicídios/100 mil habitantes. Os números são referentes a 2017. No top 10, o Brasil tem três cidades entre as mais violentas.

A capital pernambucana subiu no ranking em comparação com o balanço de 2016, divulgado no ano passado: antes configurava na 28ª posição. Em 2016, a média do Recife foi de 47,89 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Pernambuco

O ano de 2017 foi o pior para o Pacto pela Vida no Estado que acumulou 5.427 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), segundo dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco. Só no Recife foram 2.180 homicídios, de acordo com a Organização Não-Governamental.

Conforme dados divulgados pela SDS, a maioria dos homicídios de Pernambuco (cerca de 53%) foram motivados por tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais. 15,5% foram por conflitos na comunidade, 4,1% por conflitos familiares ou afetivos e 5,1 % por latrocínios.

Nordeste lidera quando o assunto é Brasil

Na lista da ONG, a cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, configura como a mais violenta do Brasil ocupando a 4ª colocação mundial com 102,56 homicídios a cada 100 mil habitantes. Com destaque no estudo, Fortaleza é a 7ª com 83,48. De acordo com a Segurança, Justiça e Paz, a cidade nordestina teve um aumento na taxa de homicídios de 85,59% em um ano. Encerrando o top 10 aparece Belém (capital do Pará, no Norte do país) com 71,38.

São ao todo 17 cidades brasileiras no ranking, que ainda tem a capital da Venezuela, Caracas, na segunda posição com 111,19 homicícios por 100 mil habitantes.

Apesar de grandes capitais terem números de homicídios absolutos maiores, a taxa costuma ser menor, pois a comparação é feita pelo cálculo total de assassinatos divididos pelo tamanho da população. O Rio de Janeiro, por exemplo, não está no ranking da ONG mexicana por ter uma taxa de 32 homicícios por 100 mil habitantes em 2017, segundo a BBC Brasil.
Confira a lista completa das cidades brasileiras citadas no ranking

4. Natal - 102,56
7. Fortaleza - 83,48
10. Belém - 71,38
14. Maceió - 63,94
18. Aracaju - 58,88
22. Recife - 54,96
25. Salvador - 51,58
30. João Pessoa - 49,17
34. Manaus - 48,07
39. Porto Alegre - 40,96
40. Macapá - 40,24
45. Campos de Goytacazes - 37,53
47. Campina Grande - 37,29
48. Teresina - 37,05
49. Vitória - 36,07

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO