Postagens

Mostrando postagens com o rótulo MDIC

Brasil e Peru assinam acordos nas áreas de compras públicas, serviços, investimentos e livre comércio de veículos leves e picapes

Imagem
Brasília (29 de abril) - Os ministros Armando Monteiro (MDIC) e Mauro Vieira (MRE) firmaram nesta sexta-feira com o Peru o mais amplo acordo temático bilateral já concluído pelo Brasil, que inclui capítulos de compras governamentais, serviços e investimentos. O lado peruano foi representado pela ministra de Indústria, Comércio Exterior e Turismo, Magali Silva. O Acordo de Ampliação Econômico Comercial Brasil - Peru estabelece liberalização de serviços, abertura dos mercados de compras públicas e inclui um capitulo de investimentos nos moldes dos Acordos de Cooperação e Facilitação de Investimentos que já foram assinados com outros países da América Latina e da África. No marco deste acordo amplo, o Brasil firmou o seu primeiro acordo internacional de compras governamentais. A partir disso, as licitações peruanas de bens e serviços passam a estar automaticamente abertas para as empresas brasileiras, bem como as licitações brasileiras estarão abertas para as empresas peruanas.

ARMANDO COBRA COERÊNCIA DO PTB EM VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT

Imagem
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior disse acreditar que o PTB não vá romper com o governo; Armando Monteiro, que é senador licenciado do partido, destacou que "a bancada sempre foi, majoritariamente, governista" e que "como o partido esteve na base durante todo esse tempo, é evidente que tem que se cobrar um mínimo de coerência da bancada, tendo em vista que ela participa do governo" 247 - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse acreditar que o PTB não vá romper com o governo em função do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, "a bancada sempre foi, majoritariamente, governista. Mas, em muitos momentos, houve desencontros entre as posições da executiva e da bancada. Como o partido esteve na base durante todo esse tempo, é evidente que tem que se cobrar um mínimo de coerência da bancada, tendo em vista que ela participa do governo. Detém, inclusive, posiç

ARMANDO MONTEIRO E ZÉ AUGUSTO - Sinônimos de desenvolvimento

Imagem
Desenvolvimento (1) : Em 2003, Zé prefeito e Armando Dep. Federal, implantaram a Escola do SENAI com o intuito de melhor qualificar nossas empresas. Depois com apoio de Armando e junto com o povo, Zé Augusto construiu o Moda Center, nosso Gigante da Confecção. Desenvolvimento (2) : Em 2010, Zé Augusto é eleito Dep. Federal e Armando Senador, Zé foi indicado titular da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara Federal, em 2015 Armando Ministro do Desenvolvimento, Industria e Comércio Exterior. Período que realizaram aqui o 1º Seminário de Desenvolvimento Regional e a semente da exportação foi plantada.  Desenvolvimento (3) : A semente germinou e nesta sexta (22) surgiu o fruto desse trabalho. Armando, Ministro do Desenvolvimento, escolheu Sta. Cruz, terra do seu companheiro, para lançar o PNCE (Plano Nacional da Cultura Exportadora). Os técnicos da APEX e MDIC já iniciaram a capacitação.  A partir de agora, abre-se um novo horizonte. Pequenos empreendedores do nosso

"Breve teremos resultados positivos", falou Deomedes sobre o Plano Nacional de Cultura Exportadora

Imagem
ERNESTO, GALEGO, FLÁVIO, HELINHO, DEOMEDES E FERNANDO ARAGÃO Os vereadores Ernesto Maia, Galego de Mourinha, Helinho Aragão, Deomedes Brito e Fernando Aragão participaram do lançamento do Plano Nacional de Cultura Exportadora e foram unânimes em falar da importância de um evento desse porte em nossa cidade. " Hoje Santa Cruz do Capibaribe está em evidência no cenário econômico nacional, pois uma ação dessa importância, trazida pelo Ministro Armando Monteiro, para o Polo de Confecções e especialmente para nossa cidade, faz com que as atenções se voltem para nós. Breve teremos resultados positivos, pois com essa força que os empresários do Polo estão recebendo tenho certeza que frutos virão. Em momento como esse, de crise econômica, planos dessa natureza trazem novos horizontes e tenho certeza que saberemos aproveitar ", falou o vereador Deomedes Brito , expressando o pensamento dos demais.

NESTA SEXTA-FEIRA (22) NO CELLEBRE EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Imagem

Armando Monteiro lança ações do Plano Nacional de Cultura Exportadora em Santa Cruz do Capibaribe

Imagem
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior participará de cerimônia que será realizada na próxima sexta-feira na Capital das Confecções O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, lançará na próxima sexta-feira (22), às 10h, na casa de recepções Cellebre, em Santa Cruz do Capibaribe, as ações do Plano Nacional de Cultura Exportadora – PNCE para a região do Agreste de Pernambuco. Na ocasião, será anunciada a primeira ação do PNCE para a região: o Projeto Extensão Industrial Exportadora – PEIEX, cujo objetivo é qualificar as empresas para a exportação. O ministro pretende aumentar o número de empresas pernambucanas que operam no comércio exterior e promover o crescimento das exportações de produtos e serviços do Estado. “No ano passado, 254 empresas pernambucanas exportaram. Porém, quando analisamos os últimos cinco anos, percebemos um universo de 558 empresas. Vamos trabalhar em consonância com os parceiros do program

Ministério de Armando continua produzindo boas notícias para o governo

Imagem
por Inaldo Sampaio O saldo da balança comercial brasileira – diferença entre as exportações e as importações – atingiu US$ 16,66 bilhões até a terceira semana deste mês de dezembro. Foi o melhor desempenho desde o ano de 2012 após o déficit de US$ 4 bilhões registrado na balança do ano passado. Para o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, “tudo indica que iremos fechar o ano com mais de US$ 17 bilhões de superávit”. A pasta comandada pelo ministro pernambucano é talvez a única da área econômica que tem dado alegrias à presidente Dilma Rousseff.

ARMANDO MONTEIRO: MAIORIA DO PTB SERÁ CONTRA IMPEACHMENT

Imagem
por Mariana Branco, repórter da Agência Brasil O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse hoje (10) que, no entendimento do seu partido, o PTB, não há requisitos constitucionais para o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. "Se o nosso entendimento, claramente, é que não há razões para o impedimento, tendo em vista o não atendimento, a nosso juízo, de requisitos constitucionais, é evidente que o PTB tem de se colocar contra o impeachment. Tenho certeza que corresponderá à vontade majoritária da bancada", afirmou. Monteiro deu as declarações nesta quinta-feira após participar do Fórum Estadão sobre Exportações, em São Paulo. Segundo ele, o Congresso Nacional precisa dar atenção à pauta econômica. "Espero que o Congresso, paralelamente a essa pauta política que precisa ser resolvida, possa se voltar para questões que afetam diretamente a economia. Desde medidas do ajuste fiscal de curto prazo, como a DRU [Desvinc

ARMANDO AVISA A OPOSIÇÃO: "O BRASIL NÃO É UM PAÍS QUALQUER"

Imagem
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto (PTB-PE), afirmou esperar que o Congresso Nacional resolva rapidamente o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, até porque a "disputa política chegou ao paroxismo, ao limite"; ele também alertou a oposição para o fato de que "o Brasil não é um país qualquer em que você depõe presidente por vontade de setores da oposição. O governo tem muitos argumentos para mostrar que não há crime de responsabilidade", disparou Pernambuco 247 - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto (PTB-PE), disse estar confiante na possibilidade do Congresso Nacional encerrar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff o quanto antes, até porque a "disputa política chegou ao paroxismo, ao limite", disparou. Ele também observou que é "preciso defender a a institucionalidade", mas que "o Brasil não é um país qualqu

ARMANDO DESCARTA "PROXIMIDADE" ENTRE PRISÃO DE DELCÍDIO E O PLANALTO

Imagem
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, descartou qualquer "proximidade" da prisão do senador e líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), com o Palácio do Planalto; "Eu não vi esta proximidade, nem onde ela se coloca. Sinceramente não vejo nenhuma conexão disso com o Executivo", afirmou; segundo ele, a situação de Delcídio, já foi definida pelos poderes Judiciário, que determinou a porisão od parlamentar, e do Legislativo, que ratificou a decisão; "Como sou agora vinculado ao poder executivo, ainda que licenciado [do Senado], não posso deixar de dizer que o Poder Judiciário e o Poder Legislativo já definiram esta questão", disse Cristina Indio do Brasil; repórter da Agência Brasil - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, descartou hoje (26) qualquer "proximidade" da prisão do senador e líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), co

Brasil Trade supera meta e negocia mais de US$ 12 milhões em Recife

Imagem
Rodadas de negócios, realizadas no lançamento do Plano Nacional de Cultura Exportadora, beneficiam economia pernambucana As rodadas de negócios da Oficina Brasil Trade, promovida pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) nos dias 16 e 17 de novembro, em Recife, superaram com folga a previsão de US$ 3 milhões em exportações. Ao final da ação, as empresas negociaram mais de US$ 12,8 milhões, somando negócios fechados no evento e a projeção para 12 meses, prazo ordinário em negociações internacionais. As rodadas comerciais, que beneficiarão a economia pernambucana, foram feitas durante o lançamento do Plano Nacional de Cultura Exportadora no Estado, realizado pelo Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro. Foram realizadas 223 reuniões com 60 empresas pernambucanas, oito comerciais exportadoras e quatro compradores internacionais. “Este resultado expressivo demonstra a força das empresas de Pernambuco e d

Armando consegue apoio importante para exportação do açúcar brasileiro

Imagem
Durante a missão comercial realizada esta semana, em Londres, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, recebeu uma notícia animadora para o setor sucroalcooleiro do Nordeste. O secretário de Estado para Negócios, Inovação e Capacitação do Reino Unido, Sajid Javid, garantiu o apoio para eliminar a sobretaxa do açúcar brasileiro no mercado da União Européia, problema que prejudica a competitividade de nosso produto. O ministro pernambucano explica que hoje são cobrados 98 euros por tonelada para a venda do açúcar brasileiro na União Europeia. Com esta medida protecionista, os produtores brasileiros ficam em desvantagem em relação ao açúcar que é vendido ao mercado europeu pelos países da África, Caribe e Pacífico. “O apoio do Reino Unido é muito importante para, junto à comunidade europeia, suspendermos a cobrança desta sobretaxa”, comemora Armando. Desde que assumiu o MDIC, Armando têm mantido diálogo com produtores do setor sucroal

“A OPOSIÇÃO ESTÁ ENTRINCHEIRADA NA TESE DO IMPEACHMENT”

Imagem
Ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro Neto, disse que a oposição colocou o país em uma situação em que somente o que importa é apear a presidente Dilma Rousseff do poder, deixado de lado a agenda necessária para alavancar a retomada do crescimento econômico; "Estamos enredados numa disputa política que vem se estendendo demasiadamente. A oposição está entrincheirada na tese do impeachment", afirmou Pernambuco 247 - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, defendeu, nesta sexta-feira (23), a volta da CPMF como mecanismo auxiliar para que o governo possa equilibrar as contas públicas. "Não se tem como fazer mágica. Ou você cria o imposto ou não paga as contas do País. No atual contexto, não existe outro caminho a não ser criar um imposto provisório", disse Armando em entrevista à Rádio Jornal do Commercio. Ele também defendeu a permanência de Joaquim Levy à frente do Ministério da Fazenda e afirmou que &quo

Armando: troca de ofertas entre Mercosul e União Europeia ocorrerá até o final de novembro

Imagem
O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, afirmou que a troca de ofertas comerciais entre Mercosul e União Europeia ocorrerá, no máximo, até o final de novembro. “Fizemos a última reunião técnica que precede o início da troca de oferta. Já nos dirigimos à Comissária Europeia, Cecília Malmström, chamando para uma reunião em nível ministerial”, disse. “Para ser mais conservador, vamos considerar novembro”, disse o ministro, em entrevista concedida na Finlândia, onde acompanha visita oficial da presidenta Dilma Rousseff. A troca de ofertas é o passo inicial para um acordo de livre comércio entre os dois blocos, quando cada lado apresenta a lista de produtos que podem ter tarifas e impostos zerados em uma relação comercial entre os países. Essa etapa é fundamental para que o acordo possa ser fechado. Segundo Armando, esse processo não está vinculado a viagens da presidenta Dilma e nem precisa de formalização. “Inicia-se a nível ministerial. Você

Armando destaca benefícios de acordo com Colômbia para Jeep de Goiana

Imagem
O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, destacou nesta terça-feira (13) os benefícios que o acordo firmado no último final de semana com a Colômbia trará para a indústria de automóveis do Brasil, em especial para o polo automotivo de Goiana. A parceria comercial selada com a Colômbia prevê a exportação de até 50 mil automóveis brasileiros por ano. A partir do ano que vem, haverá uma cota de automóveis que poderá ser exportada com tarifa zero. Inicialmente, essa cota será de 12 mil veículos, subindo para 25 em 2017 e 50 mil a partir de 2018. “Com este acordo o Brasil volta a ter um espaço no mercado colombiano que pode alcançar já no terceiro ano algo equivalente a 50 mil unidades. Isto representa cinco vezes mais do que o Brasil está vendendo hoje”, afirma Armando. De acordo com o ministro, o acordo terá repercussão direta na produção da Jeep instalada no município de Goiana, Mata Norte de Pernambuco, e de toda a sua cadeia de fornecedor

Armando: Aproximação entre Mercosul e Bacia do Pacífico é de interesse dos dois blocos

Imagem
Bogotá (09 de outubro)   - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, defendeu nesta sexta-feira (09), em Bogotá, a ampliação das parcerias entre Brasil e Colômbia com a criação de mecanismos de facilitação das relações comerciais. Armando participa do Fórum Empresarial Brasil-Colômbia, promovido pelo MDIC, Ministério das Relações Exteriores e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Na pauta, as oportunidades de investimentos e a ampliação dos negócios entre os dois países. "Há um potencial extraordinário, há uma complementariedade nas economias e eu acho que essa visita da presidenta vai marcar um novo momento nas relações”, disse o ministro, que acompanha Dilma Rousseff em visita de Estado à Colômbia. O ministro salientou a necessidade de uma maior aproximação entre os países que compõem o Mercosul e os países sul-americanos da Bacia do Pacífico.  “Esse relativo afastamento que existia aqui

Armando: Brasil vai gerar superávit comercial expressivo em 2015

Imagem
O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, afirmou nesta terça-feira, durante a abertura do 48º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel, em São Paulo, que o Brasil vai gerar superávit comercial expressivo em 2015. “O Brasil vai gerar um superávit comercial expressivo esse ano. Saímos de um déficit de US$ 4 bilhões no ano passado e vamos sim alcançar um superávit em torno de US$ 15 bilhões em 2015. Até o momento já temos um superávit de US$ 10,5 bilhões”, afirmou. Monteiro elogiou a contribuição do setor de papel e celulose para a economia. “Olhando a balança do setor constatamos que só esse segmento está dando uma contribuição que (...) se aproxima de US$ 5 bilhões, é a contribuição líquida do setor para o resultado da balança comercial brasileira”, disse. Crédito da foto: MDIC/Divulgação

Ministro Armando Monteiro lança plano para aumentar participação de empresas pernambucanas nas exportações brasileiras

Imagem
Brasília -  O ministro do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, lança nesta sexta-feira, (2/10), às 10h, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pernambuco (Fiepe), em Recife, o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE).  A ação é o braço regional do Plano Nacional de Exportações – lançado pelo Governo Federal em junho deste ano – e tem o objetivo de aumentar o número de empresas pernambucanas que operam no comércio exterior e, consequentemente, aumentar as exportações de produtos e serviços do Estado. O programa vai trabalhar inicialmente com cerca de 500 empresas de micro, pequeno e médio portes. O lançamento do PNCE é realizado em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Pernambuco (Fiepe) e com o Governo do Estado. Serviço: Lançamento Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) Data:   2 de outubro Horário:   10 horas Local:  Fiepe - Av. Cruz Cabugá, 767, Santo Amaro, Recife-PE

Ministro Armando Monteiro lidera missão comercial para o Paraguai

Imagem
Comitiva reúne 59 empresas brasileiras de sete setores da economia. Agenda prevê rodadas de negócio com empresários em Assunção e Cidade do Leste Brasília – O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, lidera um grupo com 59 empresas e 11 entidades brasileiras de sete setores em uma missão comercial ao Paraguai, nesta quarta-feira (9), com o objetivo de aumentar o comércio e os investimentos bilaterais. Também integram a comitiva o subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Antonio Simões, o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), David Barioni Neto, e o vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Olavo Machado Junior. Os sete setores da economia confirmados para integrar a missão – autopeças; têxteis e confecções; couro e calçados; alimentos processados; produtos químicos; indústria naval; e indústria metal-mecânic

Ministro Armando Monteiro comemora novos investimentos da Ambev em Pernambuco

Imagem
O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, comemorou a notícia da expansão da fábrica da Ambev no município de Itapissuma, em Pernambuco. Os investimentos serão de R$ 400 milhões. Após a conclusão das obras, mais 80 pessoas serão contratadas para trabalhar na unidade, que atualmente gera 834 empregos diretos. Representantes da direção da empresa apresentaram os detalhes da operação em conversa ontem (quinta-feira, 03) com Armando Monteiro. A cervejaria de Itapissuma se tornará a primeira planta da Ambev no Nordeste a produzir as cervejas do segmento premium Budweiser e Stella Artois, e do segmento near beer, com a Skol Beats Senses. “Pouco depois do anúncio da Unilever, os novos investimentos da Ambev em Pernambuco são mais uma demonstração de confiança no país e no nosso Estado. Recebi com muito entusiasmo as informações sobre a construção dessa nova linha, que vai ampliar a produção, trazer mais receitas e gerar empregos para os pe