Postagens

Brasil gasta menos de um dólar com saúde por dia por habitante

Imagem
Valor é de R$ 3,48, segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina divulgado nesta terça-feira (13); quantia é dez vezes inferior ao do Reino Unido 
Deborah Giannini, do R7
Investimento com saúde por pessoa no Brasil por ano é de R$ 1.271,65 Pixabay
Menos de um dólar ou, mais precisamente, R$ 3,48 ao dia. Esse é valor per capita que o governo utiliza em seus três níveis de gestão — federal, estadual e municipal — para cobrir as despesas com saúde de mais de 207 milhões de brasileiros.
O dado faz parte de um levantamento realizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgado nesta terça-feira (13). Segundo o estudo, no ano passado, o gasto em saúde por pessoa durante um ano foi de R$ 1.271,65.
Dez vezes menos que o Reino Unido, por exemplo. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), em 2015, ano do boletim mais recente, o investimento foi de R$ 13.128 (US$ 3.500). De acordo com o órgão, o gasto no Brasil no mesmo período foi de R$ 1.252,86 (US$ 334).
O Brasil também está…

NESTA TERÇA 13 TEM DEBATE NO PROGRAMA MARCONDES MORENO

Imagem
Preste atenção - O Programa Marcondes Moreno vai ao ar de segunda a sexta-feira as 18:00 hs, pela Rádio Comunidade FM (87,9) 
Acesse pela internet https://www.facebook.com/marcondes.moreno.5

Pode ser homem, mulher ou gay, diz Bolsonaro sobre escolha de novo ministro

Imagem
Presidente eleito disse que até o fim do mês pode concluir o anúncio de sua lista de ministros
Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta terça-feira, 13, que pode anunciar até esta quarta, 14, a escolha do novo ministro das Relações Exteriores. Em entrevista ao chegar ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), Bolsonaro afirmou que o nome do chanceler será do quadro do Itamaraty.
"É possível acontecer até amanhã. Está madura esta questão. Queremos alguém do quadro do Itamaraty", disse. Questionado se o novo titular seria um homem ou uma mulher, Bolsonaro respondeu: "Pode ser gay também".
Mais cedo nesta terça, o embaixador Luís Fernando de Andrade Serra visitou o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o gabinete de transição do novo governo. Andrade Serra foi, até meados deste ano, embaixador do Brasil na Coreia do Sul e, segundo o Broadcast/Estado noticiou na semana passada, é um dos nomes cotados para ocupar o posto de chanceler no…

Bolsonaro diz que Ministério do Trabalho não será extinto

Imagem
Presidente eleito (PSL) recuou nesta terça-feira (13) da ideia de extinção da pasta e diz que estuda a incorporação com outro ministério
Thais Skodowski, do R7
Bolsonaro diz que Ministério do Trabalho não será extinto Fátima Meira/Estadão Conteúdo - 13.11.2018
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL)informou na tarde desta terça-feira (13) que o Ministério do Trabalho não deve perder o status de ministério, mas que será incorporado em outra pasta.
— Não vai perder o status de ministério, não vai ser uma secretaria.
Ainda segundo Bolsonaro, a equipe dele não definiu quais ministérios farão parte da fusão. O presidente eleito também não decidiu o nome que comandará o superministério.
— Vai ser o ministério disso e disso e do Trabalho.
Bolsonaro está em Brasília nesta semana em reuniões da agenda de transição.

Reunião de comissão para votar o Escola sem Partido é suspensa na Câmara

Imagem
Motivo foi início da ordem do dia no plenário. Houve discussão entre deputados após tentativas de impedir a votação 
ZERO HORA

Vice-presidente da comissão, Pastor Eurico (Patriotas), coordenou boa parte dos trabalhos nesta manhã /Reprodução
A comissão especial criada na Câmara dos Deputados para analisar o projeto de lei (PL 7180/14), conhecido como Escola sem Partido, suspendeu, após mais de duas horas de debates, a sessão desta terça-feira (13). A previsão inicial era votar hoje a proposta que prevê, entre outros itens, impedir professores de manifestar opiniões sobre questões ideológicas e religiosas, além de abordar temas ligados a gênero e sexualidade nas salas de aula. 
O presidente da comissão, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), anunciou a suspensão por volta das 12h35min em função do início da ordem do dia no plenário da Câmara. Nas duas tentativas recentes de votação do projeto houve adiamento. A reunião deve ser retomada após os trabalhos no plenário.
A sessão na comissão com…

EMPRESA RETOMA PROGRAMA DE ASFALTAMENTO DE RUAS NO DISTRITO DE SÃO DOMINGOS

Imagem
A Construtora ANCAR LTDA retomou nessa segunda-feira (12) os trabalhos do maior programa de pavimentação em concreto asfáltico da história do Distrito São Domingos município do Brejo da Madre de Deus, obra que garantirá asfaltamento de diversas ruas do loteamento José Monteiro.
A obra, que será realizada em duas etapas, está orçada em mais de R$ 3 milhões, recursos garantidos pelo Ministério das Cidades com contrapartida da Prefeitura Municipal do Brejo da Madre de Deus.
O prefeito Hilário Paulo (PSD), falou da felicidade em ver a obra sendo executada e garantiu, que em pouco tempo o cenário de poeira e lama enfrentado durante anos pela população de São Domingos será mudado.
“Estamos felizes em ver a obra sendo retomada após uma pause devido ao período eleitoral e a demanda da empresa, mas com a sensação de estarmos melhorando a qualidade de vida das pessoas, iremos transformar o cenário de poeira e lama que os moradores dessa comunidade tiveram que enfrentar durante anos, em asfalto…

Técnicos do TSE apontam 17 indícios de irregularidade em prestação de contas de Bolsonaro

Imagem
LETÍCIA CASADO E RANIER BRAGON Folhapress

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A área técnica do Tribunal Superior Eleitoral concluiu na noite desta segunda-feira (12) a análise preliminar da prestação de contas da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) e apontou 17 indícios de irregularidade na documentação entregue pela equipe do presidente eleito.
Com isso, os técnicos pedem que o ministro-relator, Luís Roberto Barroso, dê prazo de três dias para que a equipe de Bolsonaro encaminhe documentos e esclarecimentos sobre os 17 itens levantados, além de outros seis temas em que apontam inconsistências.
Entre os problemas listados pela equipe de análise de prestação de contas está o descumprimento de prazos para informe à Justiça Eleitoral de receitas e gastos, inconsistências entre dados informados pela campanha e aqueles registrados em órgãos oficiais e recebimento de doações de fontes vedadas.
Há ainda a afirmação de que a AM4, maior fornecedora da campanha de Bolsonaro, não tem autorização da Justiç…