Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Ministério da Saúde

Mais de 30 milhões de doses da Janssen estão sem uso em depósito do governo

Imagem
Da Redação IstoÉ Quase 32 milhões de doses da vacina da Janssen contra a Covid-19 estão paradas em um galpão do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP). As informações são de uma reportagem do “Jornal Nacional”, da TV Globo. O Brasil recebeu 41 milhões de doses do imunizante até dezembro, sendo 38 milhões de um contrato de aquisição da vacina, e outros 3 milhões de doação do governo dos Estados Unidos. + O gestor de fundo global de criptoativos Gustavo Cunha explica como diversificar seus investimento em ativos de alto risco, em 2022 Mas, de acordo com um informe técnico do Ministério da Saúde, publicado nesta quarta (26), apenas 9,2 milhões de doses chegaram aos estados e municípios. Em nota, a pasta informou que alguns estados solicitaram a suspensão do envio dos imunizantes devido à saturação da rede de frio, ou seja, dos freezers e geladeiras para armazenamento das doses. O ministério não informou quais foram esses estados. + Principais tendências no mundo dos criptoativos! Segundo

Brasil registra mais de 34 mil novos casos conhecidos de Covid em 1 dia; média móvel é a maior desde julho de 2022

Imagem
País tem 620.142 óbitos e 22.556.525 casos registrados do novo coronavírus, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Média móvel de novos casos conhecidos ficou acima de 36 mil por dia. Por g1 O Brasil registrou nesta segunda-feira (10) 34.215 novos casos conhecidos de Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 22.556.525 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 36.227 - a maior registrada desde 29 de julho do ano passado (quando estava em 44.974). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +617%, indicando tendência de alta nos casos da doença. Especialistas acreditam que o alto índice de contaminação pela variante ômicron ainda não aparenta estar completamente refletido nos números de novos casos conhecidos. Eles reforçam a importância dos testes , assim como das medidas de isolamento em caso de sintomas e após o diagnóstico positivo. Também apontam que, por conta do ap

Governo Bolsonaro pediu propina de US$ 1 por dose, diz vendedor de vacina

Imagem
 Folha de São Paulo O representante de uma vendedora de vacinas afirmou em entrevista à  Folha  que recebeu pedido de propina de US$ 1 por dose em troca de fechar contrato com o Ministério da Saúde. Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, disse que o diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, cobrou a propina em um jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal, no dia 25 de fevereiro. Roberto Dias foi indicado ao cargo pelo líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Sua nomeação ocorreu em 8 de janeiro de 2019, na gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM). A Folha buscou, sem sucesso, contato com Dias na noite desta terça. Ele não atendeu as ligações. A empresa Davati buscou a pasta para negociar 400 milhões de doses da vacina Astrazeneca com uma proposta feita de US$ 3,5 por cada (depois disso passou a US$ 15,5). "O cami

O erro amador de Bolsonaro com os irmãos Miranda

Imagem
DCM​ Luís Miranda e Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação/Luis Miranda Publicado originalmente no Blog do autor : Por Moisés Mendes Ricardo Salles caiu, mas agora não queremos saber detalhes da queda de Salles. Não é a prioridade num dia tão cheio. O que precisamos saber é do caso da Precisa e tentar entender por que Bolsonaro cometeu uma barbeiragem que um assessor de  Odorico Paraguaçu não cometeria. Precisamos saber tudo sobre a empresa envolvida na compra da Covaxin, a vacina de US$ 15, com chip de ouro. Ricardo Salles será pisoteado pela boiada que ajudou a juntar e a defender, como aconteceu com todos os que se aproximaram de Bolsonaro e caíram em desgraça, ou quase todos. Salles talvez não tenha a sorte de um Abraham Weintraub, arredado para Washington com salário de mais de R$ 100 mil. Sem proteção, Salles pode ser entregue aos índios, para prestar contas ao Curupira. O que importa no momento é detalhar melhor o que já se sabe do caso da Precisa, enquanto se espera o depoimento de u

MPF identifica indícios de crime em compra de R$ 1,6 bi de vacina indiana Covaxin

Imagem
Profissional de saúde segura frasco da vacina indiana Covaxin contra a Covid-19  Foto: NOAH SEELAM/AFP Leandro Prazeres e Mariana Muniz Extra O Ministério Público Federal (MPF) identificou indícios de crime na compra feita pelo Ministério da Saúde de 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin e pediu que o caso seja investigado na esfera criminal. Até então o caso vinha sendo apurado dentro de um inquérito que tramitava na esfera cível. O contrato para a compra da Covaxin totalizou R$ 1,6 bilhão. Os indícios de crime foram mencionados pela procuradora da República Luciana Loureiro, que vinha conduzindo as investigações na esfera cível. Em despacho assinado no dia 16 de junho, Loureiro disse que as “a omissão de atitudes corretivas” e o elevado preço pago pelo governo pelas doses da vacina fazem com que o caso seja investigado na esfera criminal. O contrato foi firmado entre o Ministério da Saúde a empresa Precisa, que representa o laboratório indiano Bharat Biotech. “A omissão de at

Anvisa autoriza importação de Sputnik e Covaxin, mas impõe restrições

Imagem
Por Guilherme Mendes C ongresso em Foco Ministério da Saúde da Rússia A Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) aprovou, nesta sexta-feira, a importação e uso, controlado e com restrições, das vacina Sputnik V e Covaxin . Para ambos os imunizantes, a agência indicou que não foi possível atestar a eficácia, qualidade e a segurança dos imunizantes, e que caberá aos estados (no caso da Sputnik) e do Ministério da Saúde (no caso da Covaxin) alertar os potenciais vacinados sobre esta questão. Desta forma, será de responsabilidade direta do governador e do secretário de Saúde local, no caso da Sputnik, "informar aos pacientes de que a vacina para covid-19 não possui registro e nem autorização temporária para uso emergencial, em caráter experimental, concedido pela Anvisa e que o referido produto apenas possui aprovação em agência regulatória sanitária estrangeira". No caso da Covaxin, a responsabilidade iria para o ministro de Estado da Saúde. As vacinas não poderão se

STF nega pedido de silêncio da médica cearense Mayra Pinheiro na CPI da Covid-19

Imagem
por Diário do Nordeste/Matheus Teixeira e Marcelo Rocha/Folhapress A secretária do Ministério da Saúde fala sobre a defesa do uso da cloroquina em depoimento à Comissão nesta quinta (20) Legenda: Mayra é conhecida por ser árdua defensora da cloroquina no tratamento da Covid-19 Foto: Anderson Riedel/Presidência da República A cearense Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, teve o pedido pelo direito de não se autoincriminar na CPI da Covid-19 negado. A médica irá depor na Comissão na próxima quinta-feira (20) e teve o habeas corpus negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça (18). Pinheiro havia informado que o pedido não era por direito de silêncio, mas sim para ser acompanhada por advogados que possam intervir durante o depoimento. A secretária será ouvida sobre o uso da cloroquina, medicamento sobre o qual ela é publicamente defensora. O habeas corpus foi negado pelo ministro Ricardo Lewandowski. A solicitação de Ma

Ministério da Saúde elabora diretriz que contraindica cloroquina e ivermectina a pacientes com Covid

Imagem
por Redação Diario do Nordeste É a primeira vez que comissão faz documento que orienta sobre o uso hospitalar de medicamentos contra o novo coronavírus Legenda: Documento será colocado em consulta pública na semana que vem Foto: AFP Documento elaborado pelo Ministério da Saúde estabelece, pela primeira vez, diretrizes sobre medicamentos usados em pacientes internados com Covid-19. O parecer contraindica o uso de cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, ivermectina, entre outros, como o remdesivir. As "Diretrizes Brasileiras para Tratamento Hospitalar do Paciente com Covid-19" foram obtidas pela Folha de S. Paulo. Orientações começaram a ser debatidas na Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) na última quinta-feira (13). O documento será colocado em consulta pública pelo período de dez dias a partir da semana que vem. É a primeira vez que a Conitec pauta esse assunto. O que se tinha até então é somente um parecer com orientaçõe

Ministério da Saúde divulga cronograma com nova redução de vacinas para março

Imagem
Pasta do governo federal informou previsão de 8 milhões de doses a menos. Ministério já havia informado um decréscimo na previsão de entrega de doses neste mês, saindo  de 46 milhões para 37,4 milhões ST  Sarah Teófilo  IM  Israel Medeiros Correio Braziliense (crédito: Dibyangshu Sarkar/AFP) O Ministério da Saúde informou neste sábado (6/3) um novo cronograma de distribuição de vacinas contra covid-19 no Brasil, com a previsão de entrega de oito milhões de doses a menos que o informado na última quinta-feira (4/3). A pasta agora prevê entregar 30 milhões de doses no mês de março. A mudança se dá pela exclusão de oito milhões de doses da Covaxin do laboratório indiano Bharat Biotech, e que seriam importadas da Índia. Agora, são previstas 23,3 milhões de doses da Coronavac, do Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica Sinovac, 3,8 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); e 2,9 milhões via consórcio Covax Facility. Hou

Plano Nacional de Vacinação contra o coronavírus terá quatro fases e prioriza idosos e profissionais de saúde

Imagem
Ações começam após a aprovação dos imunizantes pela Anvisa DÉBORA CADEMARTORI G auchazh Após semanas de debate com entidades e secretarias municipais e estaduais de saúde, o Ministério da Saúde estabeleceu nesta terça-feira (1) que a vacinação contra o coronavírus vai ocorrer em quatro fases no país após aprovação de imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Profissionais da saúde e idosos a partir de 75 anos farão parte do grupo prioritário do Plano Nacional de Vacinação.  De acordo com o que ficou estabelecido pelo governo federal, na primeira fase, devem entrar trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena. Em um segundo momento, entram pessoas de 60 a 74 anos. A terceira fase prevê a imunização de pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença (como portadores d

Brasil registra 141.406 mortes por Covid-19, diz boletim oficial

Imagem
Os números da pandemia foram atualizados neste sábado (26), às 18 h, pelo governo Por iG Saúde Sandro Pereira/Fotoarena/Agência O Globo Os números da pandemia foram atualizados neste sábado (26), às 18 h O Brasil registrou 141.406 mortes por Covid-19 . O dado foi obtido pelo boletim oficial do governo, atualizado neste sábado (26), às 18h. Em 24 horas, desde a atualização anterior, da sexta-feira (25), foram 869 mortes por Covid-19. Leia também Especialista alerta sobre tempo seco durante pandemia de Covid-19 Sem máscaras, milhares de negacionistas protestam contra medidas anticoronavírus em Londres Com alta de mortes no Rio, Brasil ultrapassa 140 mil óbitos por Covid-19 Na sexta-feira (25), o número de mortos por Covid-19 no Brasil era de 140.537, e o número de casos era de 4.689.613. Segundo o documento deste sábado (26) do Ministério da Saúde, o país contabilizou 4.717.991 casos da doença gerada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), um aumento de 28.378 casos em 24 horas. A incidênci