Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Funai

Suspeito confessou assassinato de Bruno e Dom, diz superintendente da Polícia Federal no Amazonas

Imagem
Indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips desapareceram no último domingo, 5, no caminho entre a comunidade de São Rafael eo município de Atalaia do Norte, no Vale do Javari  Foto: Daniel Marenco/O Globo e Reprodução Twitter/domphillips Por Suelen Gonçalves, Vinícius Valfré, Gustavo Queiroz e Alisson Castro Do Estadão Superintendente no AM afirma que ‘Pelado’ orientou busca e contou que Bruno Pereira e Dom Phillips foram mortos a tiros; corpos foram localizados em área de mata do rio Itaquaí Após dez dias de buscas, o superintendente da Polícia Federal no Amazonas, delegado Eduardo Alexandre Fontes, afirmou nesta quarta-feira, 15, que o pescador Amarildo Oliveira, conhecido como “Pelado”, confessou que o indigenista Bruno Pereira , de 41 anos, servidor licenciado da Fundação Nacional do Índio (Funai), e o jornalista britânico Dom Phillips , de 57, colaborador do jornal The Guardian, foram assassinados. Eles desapareceram no dia 5 deste mês no Vale do Javari, extremo oeste d

Augusto Coutinho visita Funai e pede reabertura de Coordenação Regional em Pernambuco

Imagem
O deputado Augusto Coutinho (Solidariedade) quer a reabertura da superintendência da Funai em Pernambuco. Nesta quarta-feira, 3, ele esteve na Fundação Nacional do Índio com a presidente interina Maria Rita de Sá pedindo atenção para este pleito que atende diversas populações indígenas do estado. “Em 2009, o governo federal fez uma grande reestruturação na Funai. Através de decreto, o ex-presidente Lula fechou vários escritórios no Brasil e um dos estados atingidos foi Pernambuco. A título de reestruturar o órgão, o decreto esvaziou importantes ações da entidade. Deixou 132 servidores pernambucanos, todos com mais de 23 anos de serviço, entregues à própria sorte. Isso em um estado que conta com uma população indígena de aproximadamente 40.000 pessoas”, disse Coutinho. O parlamentar acompanha o assunto há alguns anos, tendo recebido em mais de uma ocasião servidores da entidade que denunciavam o estado de paralisia em que se encontrava o órgão. “O fechamento foi arbitrário. O decreto c