Augusto Coutinho visita Funai e pede reabertura de Coordenação Regional em Pernambuco


O deputado Augusto Coutinho (Solidariedade) quer a reabertura da superintendência da Funai em Pernambuco. Nesta quarta-feira, 3, ele esteve na Fundação Nacional do Índio com a presidente interina Maria Rita de Sá pedindo atenção para este pleito que atende diversas populações indígenas do estado.

“Em 2009, o governo federal fez uma grande reestruturação na Funai. Através de decreto, o ex-presidente Lula fechou vários escritórios no Brasil e um dos estados atingidos foi Pernambuco. A título de reestruturar o órgão, o decreto esvaziou importantes ações da entidade. Deixou 132 servidores pernambucanos, todos com mais de 23 anos de serviço, entregues à própria sorte. Isso em um estado que conta com uma população indígena de aproximadamente 40.000 pessoas”, disse Coutinho.

O parlamentar acompanha o assunto há alguns anos, tendo recebido em mais de uma ocasião servidores da entidade que denunciavam o estado de paralisia em que se encontrava o órgão. “O fechamento foi arbitrário. O decreto concentrou as atividades de Pernambuco em escritórios de outros estados, como Alagoas, que tem apenas 6.000 índios. Passados dez anos o que a comunidade indígena do meu estado temia, aconteceu”, acrescentou.

Atualmente a comunidade indígena de Pernambuco é atendida pela Coordenação da Bahia, o que causa inúmeros transtornos, sobretudo por causa do longo deslocamento que precisa ser feito. “Seguirei cobrando até que esta decisão equivocada e arbitrária seja revista”, concluiu Augusto Coutinho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado