Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Judiciário

Bolsonaro vai ao STF contra lockdown em três estados

Imagem
Por  Guilherme Mende s Congresso em Foco Marcos Corrêa/PR Marcos Corrêa/PR O presidente  Jair Bolsonaro  ingressou, na noite desta quinta-feira (27), com uma ação no Supremo Tribunal Federal ( STF ) contra decretos que mantiveram lockdown ou restrições de locomoção durante a pandemia em três estados brasileiros. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), assinada pelo Advogado-Geral da União, André Mendonça, pede a derrubada de decretos no Paraná, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Leia a íntegra da peça: No pedido à suprema corte, Bolsonaro e  André Mendonça  argumentam que as questões relativas à restrição de locomoção de pessoas, tais como lockdown e toques de recolher, precisam de anuência parlamentar. Os decretos assinados pelos governadores, portanto, seriam ilegais e precisariam ser derrubadas pelo Judiciário. O texto ainda critica a ação tomada pelos executivos estaduais."Lamentavelmente, porém, a atuação de alguns governos estaduais e municipais Brasil afora tem se cara

Pagamento no Judiciário supera prêmio da Mega Sena

Imagem
Folhapress Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – As folhas de pagamento do Judiciário registraram, entre setembro de 2017 e agosto deste ano, cifras que superam as estampadas em plaquetas de lotéricas Brasil afora. No último dia 12 de setembro, a Mega Sena sorteou um prêmio de R$ 6 milhões, menos do que recebeu em dezembro de 2017 a pensionista de um magistrado do Ceará. Os 15 desembolsos mais altos, analisados pelo jornal Folha de S.Paulo, decorrem de decisões administrativas ou judiciais determinando a concessão de verbas acumuladas para juízes da ativa e inativos e, em alguns casos, seus dependentes. A maioria dos beneficiários recebeu os valores altos uma única vez, ao reclamar pensões e pedir revisão de aposentadorias, ou mesmo foi indenizada por férias não usufruídas no momento de pendurar a toga. Como a magistratura tem 60 dias de descanso assegurado por ano, o dobro do trabalhador comum, o acúmulo desses períodos não é raro. Nas tabelas do CNJ (Con