Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jair Bolsonaro

PRF identifica 13 lideranças do movimento de bloqueios golpistas em rodovias de Pernambuco

Imagem
Pessoas teriam atuado no financiamento, distribuição e logística de alimentos e fornecimento de equipamentos de som em seis cidades do estado Por g1 PE Agentes da PRF em ato na BR-232, no Recife, em frente ao Comando Militar do Nordeste  Foto: PRF/Divulgação A Polícia Rodoviária Federal (PRF) identificou 13 lideranças dos atos que resultaram em bloqueios golpistas em rodovias de Pernambuco . Segundo a corporação, essas pessoas listadas demonstraram "certo grau de influencia nos movimentos". Os protestos foram organizados por eleitores do presidente Jair Bolsonaro ( PL ) contrários ao resultado das eleições, que elegeu o ex-presidente Lula ( PT ) para um terceiro mandato. Os atos também foram marcados por pautas inconstitucionais, como o fechamento do Supremo Tribunal Federal ( STF ) e uma intervenção militar. Segundo a PRF, além da organização, esses envolvidos trabalharam no financiamento, distribuição e na logística de mantimentos e equipamentos de som. Também fizeram pr

Bolsonaro vê relatório da Defesa como última cartada; militares prometem entregar documento hoje

Imagem
Por Vinícius Valfré Estadão Forças Armadas devem apresentar ressalvas, como a de que nenhum sistema informatizado está 100% blindado e precisa de aprimoramento; Bolsonaro pode usar o dossiê para judicializar resultado das eleições BRASÍLIA – Após informar que levaria até 30 dias para concluir sua fiscalização do processo eleitoral, o Ministério da Defesa promete entregar já nesta quarta-feira, 9, o relatório com suas conclusões. O prazo encurtado atende as pressões do presidente Jair Bolsonaro, que trocou os holofotes pelos bastidores desde que perdeu a disputa para o petista Luiz Inácio Lula da Silva, no último domingo. Nas poucas declarações que concedeu de lá para cá, o presidente insinua que o dossiê dos militares pode alterar o jogo. “Brevemente teremos as consequências do que está acontecendo”, afirmou ele, na última segunda-feira. Como revelou o Estadão, o Comando do Exército não tem intenção de questionar o resultado das urnas, mas deve apresentar ressalvas, como a de que nenhu

Cadê o Lula: presidente eleito tem agenda intensa em meio a fake news bolsonarista de que "morreu"

Imagem
Petista tirou alguns poucos dias de descanso e já está de volta ao trabalho enquanto bolsonaristas difundem mentiras bizarras; confira os compromissos Lula.Créditos: Ricardo Stuckert Por Ivan Longo FÓRUM O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) , após o triunfo eleitoral no dia 30 de outubro, tirou apenas 5 dias de descanso no Sul da Bahia e retornou ao trabalho na segunda-feira (7). O futuro mandatário vem organizando sua equipe de transição e mantendo contato com lideranças internacionais em diálogos que podem trazer frutos ao seu governo, a ser iniciado em 1º de janeiro de 2023. Ao longo desses últimos dias, bolsonaristas vêm difundindo mentiras bizarras e questionando o suposto "sumiço" de Lula. As fake news vão desde que o petista estaria doente (AVC, câncer e ataque cardíaco estão entre as "opções") e internado em São Paulo, até de que teria morrido. Essas "notícias" vêm sempre num formato que induzem a população a acreditar que foram veicu

O Brasil nos próximos tempos (por Gaudêncio Torquato)

Imagem
Blog do  Ricardo Noblat Com a experiência adquirida em dois mandatos, sob solavancos, abalos, pressões e contrapressões, Luiz Inácio saberá conduzir o barco Fábio Vieira/Metrópoles E agora, José? Qual é o rumo? Descartes ensinava: perdido numa floresta, sem saber se está no meio ou perto das margens, caminhe para frente. Sem fazer curvas. É o que o Brasil precisa fazer. Caminhar. Sem titubear. Com a experiência adquirida em dois mandatos, sob solavancos, abalos, pressões e contrapressões, Luiz Inácio saberá conduzir o barco. Que deverá enfrentar tempestades, bastando que olhemos para as nuvens plúmbeas que descem de maneira ameaçadora sobre o território. A começar pela prioridade número um, acabar com a fome que assola mais de 30 milhões de brasileiros. Afinal, o que podemos distinguir no horizonte afora os estragos que a paisagem tropical nos mostra, como a devastação de florestas, as carências nas áreas de saúde, educação, habitação, saneamento, segurança pública, mobilidade urbana?

Oposição a Lula encolhe no Congresso antes mesmo de petista tomar posse

Imagem
Por Lauriberto Pompeu e Daniel Weterman Estadão Cargos e verbas do Orçamento viram ‘ímã’ para presidente eleito atrair aliados; partidos do Centrão, base de Bolsonaro, mostram disposição de diálogo com novo governo Seis dias após ser eleito presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) encontra hoje um cenário bem diferente daquele previsto por líderes da Câmara e do Senado. Embora o resultado das urnas indique que o Congresso terá maioria conservadora, o pragmatismo da política dá sinais de que cargos e verbas do Orçamento atuarão como ímã para Lula atrair aliados. Até mesmo partidos do Centrão, que compõem a base de apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), têm mostrado disposição de diálogo com o novo governo. Dirigentes de igrejas evangélicas que difundiram boatos sobre fechamento de templos, em caso de vitória do petista, também prometem agora orar por ele. Aliados de Lula visitaram a sede da transição do governo.  Foto: Wilton Junior/Estadão “Deus tocou no coração da bancada evangéli

Bye Bye, BOLSONARO - Por Emir Sader

Imagem
Bolsonaro olha para Trump e a ex-presidenta da Bolívia e percebe os riscos que vai enfrentar. Jair Bolsonaro após pronunciamento no Planalto. Créditos: Isac Nóbrega/PR   Por Emir Sader Fórum Prestou-se à operação monstruosa para impedir que o PT continuasse a governar o país. Colocou-se em prática o modelo neoliberal, para garantir o apoio do empresariado, incorporou-se o apoio dos evangélicos. Ele assumiu o discurso mais violento, ameaçando a oposição, o Judiciário, a mídia, os governos de outros países. Estabeleceu no país um clima de terror, agressão, insegurança, instabilidade. O Brasil continuou sem democracia, desde o golpe contra Dilma Rousseff. Privatizou empresas públicas, isolou o Brasil no mundo, projetando a pior imagem que um país pode ter, desenvolvendo as piores políticas de proteção contra a pandemia. A economia passou por um ciclo recessivo profundo, com altas taxas de desemprego. A grande maioria dos brasileiros foi trabalhar de forma precária, sem carteira de trabalh

URGENTE – VÍDEO: Bolsonaro pede para seguidores liberarem rodovias do país

Imagem
Presidente derrotado nas urnas apelou para que seus eleitores liberam as estradas e disse que eles “tem que respeitar o direito de outras pessoas”. Veja Créditos: Twitter/Reprodução Por  Henrique Rodrigues Comparta este artículo O presidente Jair Bolsonaro (PL), vencido nas urnas pelo presidente agora eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por meio de um vídeo disparado em suas redes sociais nesta quarta-feira (2), pediu aos seus seguidores radicais que fecham rodovias por todo país após sua derrota eleitoral que liberem as vias. "Brasileiros estão protestando por todo o Brasil. Sei que vocês estão chateados, estão tristes, esperavam outra coisa. Eu também estou tão chateado e triste como vocês, mas nós temos que ter a cabeça no lugar. Os protestos, as manifestações são muito bem vindos e fazem parte do jogo democrático. E, ao longo dos anos, muito disso foi feito pelo Brasil, na Esplanada, Copacabana, Paulista, entre tantos e tantos lugares. Mas tem algo que não é legal: o fecham

Moraes libera PMs a desbloquear vias federais, estaduais ou municipais, multar e prender responsáveis

Imagem
Por Isabela Camargo, GloboNews — Brasília Manifestantes bloqueia rodovia BR-060, em Anápolis, Goiás  Foto: Triunfo Concebra/Divulgação O ministro Alexandre de Moraes , do Supremo Tribunal Federal ( STF ), determinou nesta terça-feira (1º) que as polícias militares dos estados desobstruam as estradas bloqueadas no país e identifiquem os responsáveis pelos bloqueios. Segundo balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), há bloqueios em 227 rodovias federais . Desde o último domingo (30), apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ( PL ) passaram a impedir o fluxo em vias por todo o país contra o resultado das eleições. Nesta segunda (31), Alexandre de Moraes já havia determinado às polícias que adotassem as medidas desnecessárias para desbloquear as vias. "As polícias militares dos Estados possuem plenas atribuições constitucionais e legais para atuar em face desses ilícitos, independentemente do lugar em que ocorram, seja em espaços públicos e rodovias federais, estaduais

Moraes ordena liberação das rodovias do país e diz que PRF foi omissa

Imagem
Multa é de R$ 100 mil por dia em caso de descumprimento, além de determinação afastamento e prisão em flagrante para diretor da corporação LP  Luana Patriolino Correio Braziliense Na decisão, o magistrado cita omissão por parte da PRF e fixa multa diária de R$ 100 mil se ocorrer descumprimento - (crédito: Antonio Augusto/Secom/TSE) O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Alexandre de Moraes, ordenou na noite desta segunda-feira (31/10) a liberação de todas as rodovias bloqueadas por caminhoneiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL). Com isso, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e as Polícias Militares estaduais são obrigadas a desobstruir todas as vias públicas que estejam com o trânsito interrompido pelos protestos. Na decisão, o magistrado cita omissão por parte da PRF e fixa multa diária de R$ 100 mil se ocorrer descumprimento. Também está autorizado o afastamento e prisão do diretor-geral da corporação, Silvinei Vasques, caso ele desobedeça a ordem. “Em face

Líderes da greve de 2018 condenam paralisações feitas por caminhoneiros em doze estados do país

Imagem
Entidades reconhecem o resultado da eleição presidencial e afirmam que paralisações vão prejudicar a economia Por João Sorima Neto — São Paulo O Globo Caminhoneiros interditam trecho entre Barra Mansa e Volta Redonda na BR-116, no Estado do Rio Fabiano Rocha/ Agência O Globo Líderes da greve de 2018 e entidades que representam os caminhoneiros condenam as paralisações que estão acontecendo nesta manhã em estradas do país e garantem que não há orientação para esse movimento. Os dirigentes dessas entidades afirmam reconhecer o resultado da eleição presidencial, com vitória de Luiz Inácio Lula da Silva, afirmam que as paralisações são promovidas por grupos isolados e podem prejudicar a economia. Protestos: Grupos de caminhoneiros fecham estradas um dias após eleição de Lula O presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim (Chorão), que despontou na greve de 2018, afirmou em vídeo enviado ao GLOBO, que o segmento passa por um momento di

Michelle quebra silêncio e se manifesta sobre unfollow em Bolsonaro

Imagem
O presidente, no entanto, não deu nenhuma declaração após a derrota nas eleições de 2022 Por iG  Último Segundo Reprodução/Twitter - 19.09.2022 Bolsonaro e Michelle Bolsonaro A atual primeira-dama Michelle Bolsonaro se pronunciou nesta segunda-feira (31) após ela e o marido, o presidente Jair Bolsonaro (PL), deixarem de se seguir no Instagram . O mandatário perdeu as eleições de 2022 para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno realizado ontem (30) em todo o Brasil. Nesta tarde, a esposa de Bolsonaro postou um stories escrito um versículo da Bíblia, por volta das 13h30. "Salmos 117. Louvai ao Senhor todas as nações, louvai-o todos os povos. Porque a sua benignidade é grande para conosco, e a verdade do Senhor dura para sempre. Louvai ao Senhor". Reprodução: Instagram - 31/10/2022 Michelle Bolsonaro faz postagem após derrota de Bolsonaro nas eleições Logo após, Michelle se pronuncia sobre a troca de unfollow entre ela e o marido na plataforma e diz que eles continua

Ipec: Lula tem 54% dos votos válidos no 2º turno, e Bolsonaro, 46%

Imagem
Resultados se referem à intenção de voto no momento das entrevistas. Levantamento foi feito entre quinta-feira (27) e sábado (29) e tem margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos. Por g1 Lula e Bolsonaro — Foto: Stephanie Rodrigues/g1 O Ipec divulgou neste sábado (29) sua última pesquisa antes do segundo turno da eleição presidencial. Encomendada pela Globo, a sondagem aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ( PT ) tem 54% dos votos válidos e que o presidente Jair Bolsonaro ( PL ) tem 46%. Os eleitores vão às urnas neste domingo (30). O novo levantamento foi feito entre quinta-feira (27) e sábado, e os resultados se referem à intenção de voto no momento das entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da e

53,4% a 46,6%: Lula aumenta vantagem para Bolsonaro em Pesquisa Atlas

Imagem
Levantamento, o último do instituto antes das eleições, confirma vantagem significativa do petista. Veja os números completos Créditos: Reprodução/TV Cultura Por Henrique Rodrigues Fórum A última pesquisa eleitoral Atlas/Intel, divulgada na tarde deste sábado (29), mostra que a vantagem significativa do ex-presidente Lula (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL) se manteve, a menos de 24 horas da abertura das seções eleitorais. O petista registrou 53,4% das intenções de voto, contra 46,6% do atual mandatário de extrema direita, quando considerados os votos válidos. Já nos votos totais, Lula obteve 52,4% da preferência do eleitorado, enquanto Bolsonaro registrou 45,7%. Votos brancos, nulos e eleitores que não souberam opinar marcaram 1,9%.

Bem treinado e decepção: a análise das campanhas de Lula e Bolsonaro sobre o debate na Globo

Imagem
Descompensado, Bolsonaro não teria conseguido impor pautas e virar votos. Pesquisa AtlasIntel com indecisos mostra que Lula foi considerado vencedor do debate pela maioria. Lula e Jair Bolsonaro em debate na Globo.Créditos: Reprodução/TV Globo Por Plinio Teodoro Fórum Após um debate morno, sem grandes novidades aos eleitores, integrantes das campanhas de Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) acreditam que o impacto na definição de votos de indecisos será pequena. Considerado bem treinado, Lula não se desestabilizou diante do ritmo "descompesado" - segundo o próprio petista - do adversário. Para integrantes da campanha, a inteligência emocional de Lula fez com que ele saísse vitorioso do debate. Já entre assessores de Bolsonaro, o desempenho do atual presidente foi uma decepção, especialmente pelo tom nervoso com que se apresentou logo no primeiro bloco, quando nem ao menos cumprimentou os telespectadores e jogou, sem nenhuma estratégia, uma promessa de aumento do valor do salário-m