HILDO TEIXEIRA. UMA JUSTA HOMENAGEM

quinta-feira, 25 de maio de 2017


Ele tem 51 anos e a maioria deles dedicados a difundir o forró e a cultura nordestina. Estou falando de José Hildo Teixeira Belo. Natural de Belo Jardim que aportou por aqui no final dos anos oitenta e fixou moradia. A história da Rádio Vale se confunde com a dele.

Este ano ele será homenageado, juntamente com Zito Ribeiro (in memoriam), no São João da Moda de Santa Cruz do Capibaribe.

Hildo Teixeira mantém programas na Rádio Vale e tem um público cativo. Entre esses programas está o Arraial da Vale que é sucesso de público, nele Hildo apresenta talentos da região ao vivo e a cada semana em um ponto diferente da cidade.

O radialista que também é cantor faz parte dos artistas que escrevem seu nome e marcam a história cultural de toda essa região.

Parabéns Hildo.

FESTAS JUNINAS MOVIMENTAM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE



ATRAÇÕES DO SÃO JOÃO DA MODA

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, anuncia na noite desta quinta-feira (25), na AABB, as atrações para o São João da Moda 2017. Há uma grande expectativa quanto aos artistas que desfilarão nos palcos da maior festa popular da Capital da Moda.

Os homenageados deste ano são o comunicador Hildo Teixeira e o cantor Zito Ribeiro (in memoriam).

FORRÓ DO ZÉ

Falando em São João, quem também está organizando uma festa é José Augusto Maia. Informações dão conta que ele vai fazer o FORRÓ DO ZÉ e a data será 18 de junho. Atrações estão sendo sondadas, entre elas Marcia Fellipe e Avine Vinny. 

FORRÓ SANTA CRUZ ANTIGA

No dia 03 de junho o Comunicador Marcondes Moreno promove na Casa de Calzone o São João que leva o nome de seu projeto Santa Cruz Antiga. Ele faz um resgate de nossas tradições juninas com forró pé-de-serra, quadrilha junina e comidas típicas. Reserva de mesas ligue (81) 9 9229-4478.

Festa é o que não vai faltar. Espero que todas sejam em paz.

CAETANO MOTOS NA EXPECTATIVA

Quando citamos Julio Cesar Gomes de Oliveira pouca gente vai ligar a Caetano Motos, mas esse é seu verdadeiro nome. Ele obteve 1.079 VOTOS  para vereador na última eleição em Santa Cruz do Capibaribe e ficou na suplência.


O processo que consta o prefeito Edson Vieira e seu vice Dida de Nan e também o vereador Joab do Oscarzão como réus está andando na justiça eleitoral e tem audiência marcada para o dia 12 de junho. Caso Joab seja condenado e tenha seu registro cassado quem assume é Caetano.

O motivo do processo foi a doação de terrenos para construção de casas populares cujo projeto de construção previa o levantamento de até 400 imóveis. O MPPE entendeu que tais doações teriam ocorrido com a aproximação do período eleitoral e isso caracterizaria uma irregularidade eleitoral.

MARCHA SOBRE BRASÍLIA FOI TREMENDA VITÓRIA POPULAR



A mídia monopolista e o governo usurpador tratam de inventar sua narrativa sobre a formidável mobilização sindical e popular que tomou conta de Brasilia desde o final da manhã.

Seu esforço é marcar o protesto como bagunça e vandalismo, em manobra para ocultar sua dimensão e propósito.

O que assistimos foram mais de 100 mil trabalhadores de todos os cantos do país marchando para a capital com o intuito de lutar, organizada e pacificamente, contra o governo Temer, as reformas da previdência e trabalhista, por diretas já.

As forças repressivas desde ontem preparavam uma emboscada contra o direito de manifestação dos trabalhadores, armando provocações e se preparando para reprimir o ato como cães selvagens.

Um pequeno grupo de mascarados, infiltrado na marcha, foi escalado ou estimulado para servir de pretexto às cenas de repressão inconstitucional promovidas pela PM do DF e a Força Nacional.

Se não fosse esse o pretexto, outro seria.

O governo estava decidido a reprimir os trabalhadores e demonstrar que ainda controla o monopólio estatal da violência.

Não foi à toa que, rapidamente, depois de suposto pedido do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, logo desmentido pelo próprio parlamentar, Temer promulgou decreto que permite a convocação das Forças Armadas para enfrentar o povo em luta, pela primeira vez desde a redemocratização.

Seria insensatez se homens e mulheres de esquerda, caindo no jogo do governo usurpador e da mídia conservadora, aceitassem discutir a versão de vandalismo e violência que se vende ao país, transformando os black blocs no assunto do dia.

Hoje foi uma data histórica.

Antes de mais nada, porque os trabalhadores ocuparam a capital da república e fizeram ouvir sua voz.

Mas também porque o governo e seus aliados revelam, de uma vez por todas, seu caráter antidemocrático e golpista, ao jogar tropas policiais contra manifestantes, além de acenar com a convocação do Exército.

No mais, não tenhamos ilusões. Como em todo processo golpista, o povo irá lutar e o os usurpadores irão reprimir. Teremos choques, conflitos e tensões gravíssimas.

Onde está escrito, afinal, que resistir à usurpação seria tranquilo como um passeio no parque?

EXÉRCITO ABANDONA TEMER, QUE JÁ COGITA RECUAR E ANULAR DECRETO

quarta-feira, 24 de maio de 2017


Depois da péssima repercussão do decreto em que convocou as Forças Armadas, no que seria mais um crime de responsabilidade de Michel Temer, o chefe das Forças Armadas, general Eduardo da Costa Villas Bôas, lavou as mãos e disse que a polícia do Distrito Federal tem condições de garantir a lei e a ordem; "Acredito que a polícia deva ter ainda a capacidade de preservar a ordem. Ficamos em uma situação de expectativa caso algo fuja ao controle", declarou; abandonado, Temer já cogita revogar o decreto se as manifestações contra suas reformas em Brasília estiverem mais calmas até o fim da noite; o governo do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, também peitou Temer e diz que ele agiu fora da lei

247 - O comandante do Exército, general Eduardo da Costa Villas Bôas, assegurou nesta quarta-feira 24 que as Forças Armadas iriam agir respeitando a Constituição e garantindo a democracia após o decreto assinado por Michel Temer que determina o uso das Forças Armadas para garantir a lei e a ordem no Distrito Federal.

O decreto foi anunciado pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, e pelo general Sergio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional, que também o assinaram, durante manifestação em Brasília que pedia a rejeição das reformas trabalhista e da previdência, propostas pelo governo federal, e defendia eleições diretas para presidente. Um grupo de mascarados jogou pedras e colocou fogo nos prédios de alguns ministérios e atacaram policiais.

Villas Bôas avaliou que a polícia tem capacidade de garantir a ordem. "Acredito que a polícia deva ter ainda a capacidade de preservar a ordem. Ficamos em uma situação de expectativa caso algo fuja ao controle", declarou a jornalistas após uma palestra sobre defesa nacional na Fundação Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo.

Diante de uma série de críticas sobre o decreto - senadores já entraram com um pedido para suspendê-lo -, Temer já cogita revogá-lo se as manifestações contra suas reformas em Brasília estiverem mais calmas até o fim da noite.

O general também reafirmou o compromisso com a democracia. “Tanto as forças de segurança pública quanto as Forças Armadas estão empenhadas na preservação da democracia, na observância da Constituição e no perfeito funcionamento das instituições nacionais, a quem cabe encontrar o caminho para a solução dessa crise. Mas a nossa democracia não corre risco”, afirmou.

Villas Bôas afirmou ainda que o clima no comando da instituição e no Palácio do Planalto é de "choque" e "muita insegurança" após as denúncias do empresário Joesley Batista, da JBS, envolvendo Temer.

TEMER JÁ FOI AVISADO POR ALIADOS DE QUE TEM OS DIAS CONTADOS NO PLANALTO


A queda de Michel Temer já é tratada como certa por sua própria base aliada, que já fez chegar esta avaliação ao Planalto; sob liderança do PSDB, partidos que apoiam o governo já articulam a sucessão do peemedebista, de modo a manterem a influência com o próximo presidente; pelo roteiro elaborado até aqui, sujeito a revisões dada a imponderabilidade da crise, como o peemedebista resiste em renunciar na esteira da delação da JBS na Operação Lava Jato, a solução será contar com a cassação da chapa eleita em 2014 pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral); nas cúpulas partidárias que costuram o pós-Temer, dois nomes ganham força em caso de pleito indireto : Nelson Jobim (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB)

247 - Para partidos que dão sustentação ao governo, a saída de Michel Temer do Planalto é questão de tempo.

Liderados pelo PSDB, partidos aliados ao PMDB na sustentação do governo de Michel Temer consideram que o peeemedebista perdeu as condições de ficar no cargo, e já fizeram chegar a ele essa avaliação de forma reservada.


"Pelo roteiro elaborado até aqui, sujeito a revisões dada a imponderabilidade da crise, como o peemedebista resiste em renunciar na esteira da delação da JBS na Operação Lava Jato, a solução será contar com a cassação da chapa eleita em 2014 pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Até aqui, havia a expectativa de que o TSE "mataria no peito" e livraria Temer de punição, apesar das provas reunidas no processo que será julgado no próximo dia 6.

Agora, o consenso é de que a cassação resolveria o impasse institucional e livraria o presidente da "confissão de culpa", como ele chama a hipótese de renúncia. Como bônus, Temer sempre poderá culpar Dilma pelas irregularidades na campanha.

A preferência é por acelerar a votação da reforma política que já está no Senado, prevendo cláusula de barreira e outras medidas saneadoras do quadro partidário.

E tentar manter a agenda econômica de Temer. Para tanto, a presença da equipe de Henrique Meirelles (Fazenda), ele mesmo um presidenciável especulado, é considerada essencial."

Nas cúpulas partidárias que costuram o pós-Temer, dois nomes despontam para uma candidatura de consenso em caso de pleito indireto: Nelson Jobim (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB).

PRESIDENTE DO IBGE DESMENTE TEMER E NEGA RETOMADA


O economista Paulo Rabello de Castro, presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), contradisse as declarações de Michel Temer e de vários de seus ministros, que vêm insistindo na tese de que o Brasil tem uma recuperação econômica em marcha; Rabello de Castro é taxativo ao definir o cenário econômico: "muito ruim"; ele afirma que o ambiente econômico "não melhorou"

247 - O presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o economista Paulo Rabello de Castro, desmentiu as declarações de Michel Temer e de vários de seus ministros, que vêm insistindo na tese de que o Brasil tem uma recuperação econômica em marcha.

As informações são de reportagem do Valor.

"Rabello de Castro vai no caminho oposto. E é taxativo ao definir o cenário econômico: muito ruim'.

Rabello de Castro afirma que o ambiente econômico 'não melhorou'. Questionado sobre possível interferência no IBGE num momento de necessidade de números melhores na economia, ele defende o instituto e suas pesquisas: 'Que se dane o governo. Eu não 'tô' aqui nem para produzir dados bons nem dados ruins para ninguém. Os dados são o que são.'

Candidaturas, em Belo Jardim, devem ser definidas em dois dias

TRE definiu eleição suplementar para 2 de julho e partidos devem fazer convenções nesta quarta (24/5) e quinta (25/5)

Pleno do TRE define eleição suplementar em Belo Jardim no dia 2 de julho e os prazos da campanha - Guga Matos/JC Imagem

Editoria de Política
Do Jornal do Commercio

Os candidatos a prefeito de Belo Jardim, Agreste de Pernambuco, na eleição suplementar de 2 de julho – data definida nesta segunda-feira (22/05) pelo Tribunal Regional Eleitoral – terão que se apressar. As convenções para lançamento de candidatura devem ser realizadas nesta quarta (24/05) e quinta-feira (25/05), conforme o calendário eleitoral definido pelo pleno do TRE, e só poderão concorrer os que estiverem filiados até 2 de janeiro de 2017.

O registro de candidatura deve ser feito pelos partidos ou coligações até as 19h do sábado (27/05) e, no máximo, até o dia 31 de maio pelo próprio candidato, se a entidade a que estiver filiado não providenciar o registro. O Tribunal Regional Eleitoral também decidiu que o prefeito e o vice eleitos deverão ser diplomados até 31 de julho. 

As regras da nova eleição foram definidas ontem, após a publicação, no Diário da Justiça Eleitoral, da decisão do Tribunal Superior Eleitoral, confirmando o indeferimento da candidatura do prefeito João Mendonça (PSB). Embora tenha somado maior quantidade de votos na reeleição de outubro de 2016, ele só iniciou o novo mandato por força de uma liminar do ministro e presidente do TSE, Gilmar Mendes. Agora em maio, o pleno do Tribunal Superior, no entanto, cassou a medida e manteve a decisão anterior, do TRE. João Mendonça é considerado inelegível, em razão de improbidade administrativa.

Vereador vai comandar Belo Jardim até nova eleição, em julho

O presidente da Câmara de Vereadores, Gilvandro Estrela (PV), assumiu o comando do município também nesta segunda (22/05). Embora não tenha sido o mais votado entre os eleitos, Gilvandro Estrela comandava o Legislativo e, por lei, deve ficar interinamente no cargo de prefeito até a posse do futuro gestor escolhido pelo povo.

Pelo menos um candidato já está definido para a disputa de julho. Luiz Carlos Bezerra da Silva, que foi vice de João Mendonça, deve concorrer pelo PSB. Especula-se que candidatos derrotados em outubro, Hélio dos Terrenos (PTB) e Dr. Maneco (PMDB) devem se unir em torno de uma candidatura contra Luiz Carlos. Hélio tem o apoio do senador Armando Monteiro e Maneco era apoiado pelo ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), atualmente o principal adversário de João Mendonça, seu primo.

A eleição suplementar de Belo Jardim será a segunda realizada este ano em Pernambuco. A primeira ocorreu em abril, no município de Ipojuca, Grande Recife. Célia Sales (PTB), eleita, é mulher do candidato que havia somado a maior parte dos votos na disputa de outubro, Romero Sales, também petebista.

Conheça as principais datas da eleição suplementar de Belo Jardim

24 de maio
. Início do prazo para convenções

25 de maio
. Fim do prazo para realização de convenções

26 de maio
. Proibida propaganda de candidato no rádio e TV

27 de maio
. Fim do prazo para partidos e coligações registrarem seus candidatos.

28 de maio
. Início da campanha de rua e internet

31 de maio
. Último dia para o candidato fazer o registro, caso a coligação ou partido não tenham feito

3 de junho
. Último dia para pedir impugnação de candidaturas registradas por partido ou coligação

6 de junho
. Último dia para pedir impugnação de candidaturas individuais
. Último dia para sorteio da ordem de divulgação da campanha no rádio e TV

12 de junho
. Início da propaganda eleitoral no rádio e TV

29 de junho
. Último dia para comícios, debates e propaganda no rádio e TV

30 de junho
. Último dia para propaganda em jornais e na internet

1º de julho
. Último dia para comícios e caminhadas
. Último dia para emissão da 2ª via do título eleitoral

2 de julho
. Eleição

7 de julho
. Último dia para prestação de contas

31 de julho
. Último dia para diplomação dos eleitos

PF faz operação em 5 estados contra quadrilha de Fernandinho Beira-Mar

Investigação de pouco mais de 1 ano mostra que, mesmo em um presídio federal, o traficante diversificou negócios e lucrou cerca de R$ 1 milhão por mês.

Por Marco Antônio Martins, G1 Rio

GNews - Fernandinho Beira-Mar (Foto: GloboNews)

A Polícia Federal cumpre, desde às 6h desta quarta-feira (24), mandados de prisão em cinco estados e no Distrito Federal contra a quadrilha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Às 6h28, os agentes chegaram em um condomínio de luxo no bairro Vinte e Cinco de Agosto, em Duque de Caxias, onde mora Alessandra da Costa, irmã do traficante e apontada como sua conselheira. Contra Alessandra há um mandado de prisão por organização criminosa e lavagem de dinheiro. Até as 6h45, tinham sido presos um dos filhos do criminoso e um braço-direito do traficante.

Após um ano e meio de investigações, a PF descobriu que Beira-Mar, preso na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, diversificou os negócios: os lucros agora vão além do tráfico de drogas. O criminoso controla máquinas de caça-níquel, venda de botijões de gás, cesta básica, mototáxi, venda de cigarros e até o abastecimento de água.

Os policiais cumprem 35 mandados de prisão, sendo 22 prisões preventivas e 13 temporárias, 27 de condução coercitiva e 86 de busca e apreensão nos estados do Rio, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Ceará e no Distrito Federal. As principais áreas de atuação de Fernandinho Beira-mar são três comunidades de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense: favela Beira-Mar, Parque das Missões e Parque Boavista.

Segundo os investigadores, na denúncia que deu origem à investigação, foi descoberto que há uma grande quadrilha liderada pelo traficante que, mesmo preso no presídio Federal de Porto Velho, coordena o grupo por meio de mensagens escritas por meio de papel e por meio de aparelho celular.

Desde 2006, Fernandinho Beira-Mar está preso em uma penitenciária federal. Em 2007, a Polícia Federal investigou o criminoso e descobriu que, apesar da vigilância, ele manteve o fornecimento de drogas (maconha e cocaína) para favelas do Rio. A investigação da PF, na ocasião, levou 19 pessoas para a prisão.

A operação Fênix, como foi chamada, descobriu que Beira-Mar escolheu a mulher, Jacqueline Alcântara de Morais para sucedê-lo no comando da quadrilha. Na ocasião, 19 pessoas foram presas e condenadas pela Justiça Federal do Paraná.

Em condenações, o traficante acumula penas que somam quase 320 anos de prisão em crimes como tráfico de drogas, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e homicídios.

Em 2015, o criminoso foi condenado a 120 anos de prisão apontado como responsável liderar uma guerra de facções, em 2002, dentro do presídio de segurança máxima Bangu I, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, quando quatro rivais foram assassinados.

Mistérios, por Dário Gomes

terça-feira, 23 de maio de 2017

DÁRIO GOMES*
Por vezes nos deparamos com a expressão: “Isso é mistério”. Mas o que vem a ser isso?

No dicionário “on line” encontramos a seguinte definição: Mistério é tudo que tem causa oculta, desconhecida ou é incompreensível, inexplicável. 

Como vemos, mistério é o inexplicável. Mesmo vendo o fato ou ouvindo o relato, não dá para entender, é como se a mente não absorvesse o que está acontecendo.

Existem fenômenos que são verdadeiros mistérios, alguns dos quais já foram estudados pelo homem, mas que nunca chegaram a uma real conclusão, permanecem como uma incógnita no tempo, talvez um dia, alguém os explicará.

Dentre os mistérios mais famosos estão: os muitos desaparecimentos de aviões e navios no Triângulo das Bermudas conforme o leitor pode ler no seguinte endereço:
(http://mundoestranho.abril.com.br/)

Também temos as misteriosas gravuras gigantes de Nazca no Peru: (https://viagem.uol.com.br/ultnot/2009/05/20/ult4466u583.jhtm)

Mas a bíblia também possui muitos mistérios, alguns dos quais são impossíveis de se explicar pela razão humana, mas crido por meio da fé. Também o Senhor Jesus falou em mistérios para os que lhes ouviam. 

Está escrito: Lucas 18:31-34 - E, tomando consigo os doze, disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do homem tudo o que pelos profetas foi escrito; Pois há de ser entregue aos gentios, e escarnecido, injuriado e cuspido; E, havendo-o açoitado, o matarão; e ao terceiro dia ressuscitará. E eles nada disto entendiam, e esta palavra lhes era encoberta, não percebendo o que se lhes dizia.

Porque eles não entendiam o que Jesus lhes falava? Haja vista, Jesus estar usando a mesma língua deles, e falava abertamente acerca do que lhe iria acontecer.

Entendemos que dentre os muitos mistérios registrados na bíblia, motivos havia para que continuassem sendo mistérios e podemos classificar, dentre outros, quatro motivos pelos quais Jesus falava em mistérios:

1º - Alguns mistérios não são revelados porque estão reservados exclusivamente para Deus. Deuteronômio 29.29.

2º - Existem outros que só eram revelados depois, para não atrapalhar os planos acerca daquele assunto. Marcos 9.9

3º - Existem outros que não são revelados porque os que os ouvem não suportariam conhecer ou ter ciência do fato que irá acontecer ou pelo que vão passar. Lucas 9:44-45.

4º - Existem aqueles que não foram revelados com o propósito de fazer com que os ouvintes não entendessem mesmo, porém revelado a quem era de interesse revelar. Marcos 4.11, 12.

A bíblia é um mistério, desde a antiguidade até aos dias de hoje, porém revelada àqueles a quem Deus quiser revelar. Está escrito: I Corintios 1:18 - Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.

Atos 28:23-27 - E, havendo-lhe eles assinalado um dia, muitos foram ter com ele à pousada, aos quais declarava com bom testemunho o reino de Deus, e procurava persuadi-los à fé em Jesus, tanto pela lei de Moisés como pelos profetas, desde a manhã até à tarde. E alguns criam no que se dizia; mas outros não criam. E, como ficaram entre si discordes, despediram-se, dizendo Paulo esta palavra: Bem falou o Espírito Santo a nossos pais pelo profeta Isaías, Dizendo: Vai a este povo, e dize: De ouvido ouvireis, e de maneira nenhuma entendereis; E, vendo vereis, e de maneira nenhuma percebereis. Porquanto o coração deste povo está endurecido, E com os ouvidos ouviram pesadamente, E fecharam os olhos, Para que nunca com os olhos vejam, Nem com os ouvidos ouçam, Nem do coração entendam, E se convertam, E eu os cure.

A mente humana, por si só, é incapaz de dar a revelação da Palavra. É um mistério somente revelado pelo Espírito Santo. È uma obra que só Deus pode medir.

I Corintios 2:12-16 - Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do SENHOR, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

Um abraço e até a próxima se Deus permitir.

*Dário Gomes de Araujo é Evangelista da Igreja Assembleia de Deus e atualmente é gestor na cidade de São José do Egito

SÃO JOÃO 2017 É NA CASA DE CALZONE


LERO ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA PAVIMENTAÇÃO E ENTREGA VEÍCULO NO DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR



O prefeito Lero Mestre, de Taquaritinga do Norte, esteve no distrito de Pão de Açúcar assinando ordem de serviço para a pavimentação da Rua Cícero Antonio da Silva (Rua do Cemitério Novo).

VEREADOR PROFESSOR JURANDI


O requerimento foi de autoria do Vereador Jurandi Tavares que em sua justificativa elencou, entre outros motivos, a melhora de qualidade de vida dos moradores e a valorização dos imóveis daquela via.



Além da ordem de serviço o prefeito entregou ao sub-prefeito Gilson Carlos um veículo Toyota Bandeirante para que sirva a comunidade.


"O pirata voltou" para o São João de Caruaru

Depois de três anos fora do São João de Caruaru, o Ron Montilla volta a ser uma das patrocinadoras oficiais da festa. Com o mote: "O pirata voltou", a Pernod Ricard, detentora da marca, irá apostar alto com uma grande ação de marketing na maior festa do calendário nordestino. O São João de Caruaru será o pontapé inicial do retorno da marca para os eventos do NE, que sempre fez parte do histórico cultural da região.

FERNANDO ARAGÃO PARABENIZA AS MÃES NO DISTRITO DE POÇO FUNDO

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Neste domingo (21) o Distrito de Poço Fundo, município de Santa Cruz do Capibaribe, vivenciou a Festa das Mães, promovida pela Associação de Moradores.

Confira o discurso de Fernando Aragão clicando no link abaixo:

Paulo: “Tenho dois patrimônios: a minha família e o meu nome”

O governador Paulo Câmara reagiu hoje (22/05) com indignação às insinuações feitas, em delação premiada, pelo executivo da empresa JBS Ricardo Saud.

“Quero dizer que estou indignado, mas não vou baixar a cabeça. Eu tenho o compromisso de trabalhar por Pernambuco e vou continuar trabalhando. Sou servidor público. Vivo do meu salário e só tenho dois patrimônios: a minha família e meu nome. E ninguém vai manchá-los”, declarou Paulo Câmara, durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas.

“Quero também aproveitar essa oportunidade de estarmos aqui hoje, numa plateia tão qualificada, com tanta gente, tantos amigos e amigas que estou vendo aqui para, também, dar uma explicação. Na verdade, dar uma satisfação. Dizer o que é preciso ser dito a cada pernambucana e a cada pernambucano diante dos fatos que a gente tem ouvido falar desde a última sexta-feira. A minha campanha eleitoral de 2014 não recebeu recursos da empresa JBS. Quero dizer isso porque nem minha campanha, nem o PSB estadual recebeu nenhum centavo desta empresa. As doações que a JBS fez foram ao PSB nacional, que registrou. Está tudo registrado nas doações do PSB nacional”, discursou Paulo. E acrescentou: “Essa própria pessoa que está fazendo a delação foi muito textual ao dizer que a doação ao PSB nacional ocorreu sem nenhuma contrapartida e sem nenhum benefício”.

O governador Paulo Câmara lembrou que na Petição 7.003 do Ministério Público Federal, assinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que trata da delação premiada da JBS, não há menção ao nome dele, nem do prefeito Geraldo Julio e nem do ex-governador Eduardo Campos. A petição foi acolhida pelo relator do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin.

Sistema de esgotamento sanitário de Caruaru será modernizado e ampliado

Primeira etapa do projeto inicia, ainda neste mês, com a recuperação de quatro estações elevatórias e cadastro técnico da rede coletora de esgoto existente


A maior cidade do Agreste pernambucano, Caruaru, será beneficiada com um projeto de ampliação e modernização do sistema de esgotamento sanitário. As ações irão, inicialmente, recuperar o sistema já existente e que abrange parte de 14 bairros da cidade - corresponde a 40% da área urbana: Caruá, Boa Vista (1 e 2), Mandacaru, Nova Caruaru, Macaparana, Inocoop, José Liberato, Cidade Jardim, Rendeiras, Jardim Panorama, Salgado, Centro, Petrópolis e Maurício de Nassau. A primeira etapa do projeto vai iniciar, ainda neste mês, para reativar quatro estações elevatórias. Também será feito um diagnóstico operacional e o cadastro técnico da rede coletora que foi implantada na década de 1970. A intenção da Compesa é estender a cobertura de esgotamento sanitário para 100% de Caruaru.

Toda as ações do projeto serão financiadas pelo Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca (PSA Ipojuca) com recursos do Banco Mundial. A companhia vai iniciar as obras pela reabilitação de quatro estações elevatórias de esgotos, que são Rendeiras II e III, José Liberato I e Boa Ventura - juntas possuem uma vazão de 250 litros de esgoto por segundo. Serão feitas trocas de conjuntos de bombeamento, colocação de novas bombas, substituição dos quadros de comando elétrico, além de reparos estruturais. Com o retorno da operação dessas unidades, cerca de 40 mil imóveis da cidade passarão a ter seus esgotos tratados, contribuindo diretamente para a despoluição do manancial. Para essa primeira etapa, que tem o prazo de seis meses para execução a partir da emissão da ordem de serviço, serão investidos cerca de R$ 2,6 milhões.

Em paralelo, também será iniciada a limpeza e desobstrução dos principais coletores 'tronco' da rede (interceptores), que somam mais de 2,2 quilômetros de extensão. O trabalho vai permitir, inclusive, a filmagem interna da rede coletora com equipamentos robotizados para verificar e diagnosticar as condições físicas das tubulações. Ainda será feito o levantamento e cadastramento técnico de mais de 300 quilômetros da rede existente, ação que é fundamental para a elaborar o projeto de ampliação do sistema, atividades de operação e manutenção. Só para este trabalho, serão destinados mais de R$ 3 milhões.

Para reativar todo sistema existente em Caruaru, a companhia precisará recuperar 14 estações elevatórias e triplicar a capacidade de operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Caruaru - que hoje trata 450 litros de esgoto por segundo - localizada no bairro Rendeiras. O sistema de esgotamento sanitário da cidade sofreu ampliações ao longo dos anos, feitas pela Prefeitura da cidade e pelo Projeto Alvorada, da Secretaria de Saúde do Estado, e com essas obras será integrado ao Sistema operado pela Compesa. Para elaborar todo o projeto de ampliação e modernização do sistema, que é dividido em 37 bacias, estão sendo investidos R$ 3,6 milhões. O projeto deve ser finalizado até maio de 2018.

ANDRÉ DE PAULA ABRAÇA MOBILIZAÇÃO PARA TRAZER ÁGUA PARA O AGRESTE DE PERNAMBUCO

ALBERES XAVIER E ANDRÉ DE PAULA
O deputado federal André de Paula (PSD) esteve com o presidente da COMPESA, Roberto Tavares, e falou sobre o projeto de trazer a água do eixo leste da Transposição do Rio São Francisco para o Rio Capibaribe. Tavares disse que enviou engenheiros para avaliar essa possibilidade. 

No vídeo abaixo você confere a entrevista feita pelo comunicador Alberes Xavier direto de Brasília.

BREJO DA MADRE DE DEUS COMPLETA 266 ANOS. VENHA COMEMORAR COM A GENTE

DIA 03 DE JUNHO NA CASA DE CALZONE PIZZARIA


Oposição cobra ao governador explicações se houve encontro com executivos da JBS

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) cobrou explicações do governador Paulo Câmara e do prefeito Geraldo Júlio sobre as declarações do executivo da JBS, Ricardo Saud, envolvendo o PSB pernambucano. Na delação, Saud afirma ter sido procurado por Paulo Câmara e pelo prefeito Geraldo Júlio para tratar de doações da empresa para a campanha de 2014 e que teria liberado R$ 1 milhão para a campanha do governador.

“Saud fala, inclusive, em ter recebido, na sede da empresa, ao lado do empresário Joesley Batista, o governador do Estado e o prefeito do Recife. Li atentamente as notas divulgadas por Paulo e Geraldo e, no entanto, em nenhum momento vi nenhuma referência ao encontro. De fato houve ou não esse encontro com o delator? E se houve, e não foi tratado nada relacionado à campanha, o que o governador de Pernambuco e o prefeito da Capital foram tratar na sede da empresa”, questionou, Silvio Costa Filho (PRB).

O deputado Álvaro Porto (PSD), dissidente da base governista, cobrou coerência do governador, exigindo explicações públicas sobre as denúncias envolvendo o seu nome. “Paulo Câmara cobrou explicações do presidente Michel Temer e os pernambucanos esperam o mesmo dele. O governador vai renunciar, como propôs a Temer o prefeito Geraldo Júlio, de quem Paulo Câmara é aliado?”, perguntou o parlamentar.

Para Edilson Silva (Psol), presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, o episódio é mais um que exigem explicações do PSB e de seus dirigentes. “É mais um entre tantos mal feitos ainda mais graves do núcleo duro do PSB em Pernambuco”, destacou.

Os parlamentares lembraram ainda que essa não foi a primeira vez que o PSB pernambucano e seus quadros são citados em delações ou envolvidos em operações da Polícia Federal. O PSB de Pernambuco já foi citado nas delações de Marcelo Odebrecht e outros executivos da construtora, além de terem sido alvo de sete operações da Polícia Federal. Foram cinco no âmbito da Lava-Jato (Vórtex, Filhotes, Vidas Secas, Politeia e Catilinárias) e duas que tratam especificamente de questões locais (a Fair Play, que investiga irregularidade na construção da Arena Pernambuco, e Turbulência, que apura um suposto esquema de corrupção que teria movimentado cerca de R$ 600 milhões desde 2010).

“O governador de Pernambuco, o prefeito do Recife e a direção do PSB devem explicações à sociedade pernambucana sobre esse encontro e sobre a afirmação de que teriam sido enviados R$ 1 milhão para a campanha do então candidato Paulo Câmara”, cobrou Silvio Costa Filho.