Cadoca recebeu ligação de Temer após expulsão do PDT

Deputado federal também terá encontro com o presidente na próxima terça-feira (2)

Por: Blog da Folha

Carlos Eduardo Cadoca - Foto: Peu Ricardo/Arquivo Folha

Um dia depois de ser expulso do PDT após contrariar a posição do partido e votar a favor da reforma trabalhista, o deputado federal Carlos Eduardo Cadoca (sem partido) revelou, nesta sexta-feira (28), em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, ter recebido um telefonema do presidente Michel Temer (PMDB), que se solidarizou com o parlamentar.

Cadoca acrescentou que deverá se encontrar com o presidente na próxima terça-feira (2), em Brasília.

O deputado federal foi questionado se a conversa com Temer seria um indicativo de que o parlamentar estaria indo para o PMDB, partido do qual já fez parte no passado. No entanto, afirmou que ainda é cedo para tomar qualquer decisão neste sentido, mas que "tem grandes amigos" na sigla.

Carlos Eduardo Cadoca também voltou a criticar a forma da sua expulsão do PDT. Para o parlamentar, a maneira foi incorreta, pois ele foi informado da decisão da legenda por um jornalista.

Na quinta-feira (27), quando foi comunicado da expulsão, Cadoca disse estar "tranquilo" e aproveitou para enfatizar que não recebe "lição de ética nem de moral de uma figura como Carlos Lupi", atual presidente do PDT.

De acordo com a legenda, a decisão de expulsar o parlamentar segue o que foi definido pela convenção do partido, em março, quando se fechou questão contrária às reformas propostas pelo governo de Temer.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Bartol Neves assumirá mandato em Brejo da Madre de Deus

CARLINHOS E FERNANDO A CADA DIA MAIS UNIDOS

Depois de fazer críticas a Paulo Câmara, Lula senta à mesa com o governador

Bitcoin só perde para o Magazine Luiza em valorização em 2017