Cerca de 18 milhões de brasileiros estão fora do mercado de trabalho

Marcia Wonghon
EBC Radioagência Nacional


Cerca de 18 milhões de brasileiros em idade de trabalhar, estão fora do mercado de trabalho. Os dados estão em um levantamento feito nos meses de abril, maio e junho deste ano, e divulgado nessa quinta-feira pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Neste semestre, o indíce de pessoas sem ocupação no país é de 11,3 % da população economicamente ativa. A novidade é que o IBGE passou a contabilizar duas variáveis - a dos sub ocupados, que trabalham menos de 40 horas semanais e dos trabalhadores com força de trabalho potencial, ou seja, que procuram emprego, mas estão impossibilitadas de entrar no mercado por problemas como doenças, salários baixos ou não terem com quem deixar os filhos pequenos.

O pesquisador Bruno Ottoni, da Fundação Getúlio Vargas, no Rio de janeiro, esclarece que os dados ajudam a melhorar a compreensão do que está ocorrendo no mercado de trabalho.

Conforme o estudo, entre as quatro milhões e oitocentas mil pessoas que trabalham menos tempo do que gostariam, está a categoria das empregadas domésticas, porque tiveram a carga horária reduzida depois que o pagamento do FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, passou a ser um encargo obrigatório aos patrões.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

ERNESTO E CARLINHOS DENUNCIAM MAUS TRATOS AOS ANIMAIS EM CURRAL PÚBLICO DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

PROJETO PARA QUE AS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE TENHAM O HORÁRIO ESTENDIDO ATÉ AS 20 HORAS É APROVADO NA CÂMARA DE VEREADORES

BRUNO ARAÚJO: 'ESTOU PRONTO PARA ACEITAR ESSA MISSÃO'

Feira do Sítio Cacimba de Baixo movimenta a Zona Rural de Santa Cruz do Capibaribe

MARÍLIA ARRAES NESTA QUINTA-FEIRA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE