Fevereiro é o mês de combate à Leucemia

O Fevereiro Laranja é uma campanha que busca conscientizar e alertar a população sobre a leucemia, tipo de câncer que afeta o sangue, como os glóbulos vermelhos — responsáveis por transportar o oxigênio — e os glóbulos brancos — cuja função é produzir anticorpos. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que o Brasil deve registrar até o final deste ano mais de 10 mil novos casos da doença. Entre crianças e adolescentes, este é o tipo de câncer mais prevalente, sendo responsável por 33% dos casos.

Em linhas gerais, as leucemias são divididas em mielóides e linfóides, - de acordo com o tipo celular comprometido - e leucemias agudas e crônicas, a depender do tempo de instalação e fase de maturação celular.

"A leucemia afeta a fábrica do sangue, a medula óssea, que está localizada dentro dos ossos e é responsável por produzir todas as células sanguíneas. A doença faz com que as células sanguíneas passem a se reproduzir de forma descontrolada, gerando o comprometimento da fabricação normal do sangue. Isso leva à anemia, diminuição da imunidade e aumento do risco de sangramentos", explica Lorena Costa, hematologista da Multihemo, do Grupo Oncoclínicas. 

A leucemia não passa de pai para filho. Ela acontece por alterações genéticas (mutações) que ocorrem ao acaso e que acabam por desencadear o surgimento do câncer. "Não há como apontar causas exatas que permitam a prevenção para todos os indivíduos. Por isso, a melhor forma de deter o avanço da leucemia é o diagnóstico precoce", destaca a especialista.

Alguns fatores, como a exposição a produtos químicos, principalmente os derivados de benzeno e à radiação em altos níveis, assim como algumas doenças genéticas como anemia de Fanconi e outras que afetam o sangue, podem elevar o risco de incidência da doença. Ainda assim, estes são apenas fatores que podem contribuir para o surgimento da leucemia, mas não são regra. Diante disso, o principal conselho da hematologista é que seja dada atenção aos sinais que podem ser indícios da doença.

Sintomas - Os principais sintomas de leucemia são: cansaço fácil, palidez, dores nos ossos, febre e infecções recorrentes, além de manchas roxas pelo corpo e aparecimento de gânglios, aumento do baço e aumento das gengivas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara