Diretório Nacional do PT determina candidatura de Marília Arraes no Recife

Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

Do Blog de Jamildo

O Diretório Nacional do PT aprovou uma resolução na noite desta sexta-feira (13), em Brasília, que determina a candidatura da deputada federal Marília Arraes à Prefeitura do Recife. O texto prevê também que o partido lidere chapas em todas as capitais do Nordeste.

O argumento é de que a legenda governa quatro estados na região (Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte). “O PT precisa manter e consolidar a força política e social que construiu”, diz a resolução. “Essa estratégia de fortalecimento partidário deve ser compreendida no âmbito eleitoral, sem qualquer prejuízo à unidade nacional das forças populares nos esforços contra o projeto de destruição social do governo Bolsonaro”.

Além da candidatura de Marília Arraes, o texto prevê que Márcio Macêdo esteja na disputa em Aracaju (SE) e Fábio Novo em Teresina (PI).

Ainda serão definidos os nomes dos candidatos em Salvador (BA), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Natal (RN), Fortaleza (CE) e São Luís (MA).

LEIA TAMBÉM


Para as eleições deste ano, o PT chegou dividido em âmbito local. Enquanto o grupo de Marília Arraes defende a candidatura dela, o que é ligado ao senador Humberto Costa é favorável à permanência do partido na aliança com o PSB.

Procurado pelo Blog de Jamildo, o parlamentar preferiu não comentar a resolução.


O ex-presidente Lula, principal liderança do PT, recebeu as duas alas do partido em São Paulo, em janeiro. A previsão era de que o partido tomasse uma decisão sobre o assunto até abril.

No Recife, o PSB tem como pré-candidato o deputado federal João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos e primo de Marília Arraes, com quem ela rompeu nas eleições de 2014.

Nessa quinta-feira (12), PSB e PDT selaram um acordo em São Paulo, onde os pedetistas vão apoiar a candidatura do ex-governador Márcio França à prefeitura da capital. Durante o evento para formalizar a aliança entre os dois partidos, os discursos eram de afastamento dos petistas e de expansão da aliança para outras cidades.

Dividido entre os que apoiam a aliança e os que são contrários, o PDT tem como pré-candidato no Recife o deputado federal Túlio Gadêlha, que pode deixar a disputa.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS