Beber para superar timidez pode ser uma péssima ideia

Pesquisa mostra que ressaca piora a ansiedade social em pessoas tímidas e pode aumentar o risco de alcoolismo

POR MARILIA MARISCIULO
Galileu

AS BEBIDAS ALCOÓLICAS PODEM TER EFEITOS VARIADOS NA SAÚDE FÍSICA E MENTAL DE QUEM AS BEBE (FOTO: PIXABAY)

As bebidas alcoólicas são traiçoeiras para quem é tímido ou tem ansiedade social. Embora em um primeiro momento ajudem na missão de interagir, diminuindo a inibição, no dia seguinte causam estrago e pioram ainda mais a situação.

É o que mostrou um estudo publicado no periódico Personality and Individual Differences. A condição foi chamada de “hangxiety”, ou “ressansiedade”, uma combinação de ressaca com ansiedade.

Na pesquisa, 97 voluntários com diferentes níveis de timidez e idades variando entre 18 e 53 foram observados em um evento social em casa. Destes, 47 ficaram sóbrios durante uma noite e 50 beberam da mesma forma como costumam beber socialmente, uma média de seis unidades — cada unidade consistia em 250 mililitros de cerveja com teor alcoólico de 4%, uma taça de 76 mililitros de vinho com teor alcoólico de 13% ou uma dose de 25 mililitros de whisky com 40% de teor alcoólico.

A timidez, conforme notaram os autores, pode ser um dos sintomas de ansiedade social. O transtorno, por sua vez, pode levar ao alcoolismo, visto que muitos pacientes com ansiedade social recorrem ao álcool para lidar com os sintomas. Nos Estados Unidos, a ansiedade social precede o alcoolismo em 80% dos casos.

No estudo, os pacientes tímidos reportaram que o nível de ansiedade caiu ao beberem álcool. Mas, no dia seguinte, eles também foram os que mais indicaram que o nível de ansiedade aumentou consideravelmente. Como se não bastasse, os que sofreram as piores “ressansiedades” apresentaram a maior pontuação no teste para diagnosticar alcoolismo.

“O estudo sugere que a ansiedade durante a ressaca está relacionada ao alcoolismo em pessoas muito tímidas, fornecendo um marcador potencial para o risco de alcoolismo, o que pode ajudar na prevenção e tratamento do distúrbio”, escreveram os autores.

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO