Pedro Parente pede demissão da Petrobras

O agora ex-presidente da Petrobras Pedro Parente (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º).

De acordo com comunicado da estatal, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração.

Ainda de acordo com o comunicado, a diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.

Parente ficou exatamente dois anos no comando da Petrobras, já que tomou posse no dia 1º de junho de 2016.

Leia a íntegra do Fato Relevante da Petrobras, enviado ao mercado:

Fato Relevante- Mudança na Administração

Rio de Janeiro, 1º de junho de 2018 – Petróleo Brasileiro S.A – A Petrobras informa que o senhor Pedro Parente pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras ao longo do dia de hoje. A composição dos demais membros da diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.

Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado.

Do G1

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

O Estádio Arizão se "veste" para receber o São João da Moda 2018

ACUADO, TEMER CEDE AOS CAMINHONEIROS E DESFAZ POLÍTICA DE PARENTE, QUE PODE CAIR