Palavras que edificam.


A escolha de Matias como Apóstolo

O substituto de Judas Iscariotes.

É necessário, pois, que, dos homens que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição. E apresentaram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias. E, orando, disseram: Tu, Senhor, conhecedor dos corações de todos, mostra qual destes dois tens escolhido, para que tome parte neste ministério e apostolado, de que Judas se desviou, para ir para o seu próprio lugar.  E, lançando-lhes sortes, caiu a sorte sobre Matias. E por voto comum foi contado com os onze apóstolos. Atos 1:21-26

O Apóstolo Pedro, diante de um grupo de quase cento e vinte pessoas, fez uma exposição acerca do que havia acontecido com Judas Iscariotes, como cumprimento da Escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi (At 1:16). Pedro também mostrou a necessidade de que fosse escolhido alguém para compor, juntamente com os onze restantes, o grupo de doze testemunhas da ressurreição de Cristo (At 1:22).
Para ser escolhido, o candidato deveria cumprir a principal exigência de ter acompanhado os discípulos durante todo o ministério de Jesus, ou seja, desde o batismo realizado por João Batista, até sua ascensão ao céu. Logo, o novo Apóstolo obrigatoriamente deveria ser capaz de testemunhar a ressurreição de Jesus, ou seja, ter visto o Cristo ressurreto.
O antigo historiador Eusébio, defendeu que Matias provavelmente tenha sido um dos setenta discípulos escolhidos por Jesus para a missão descrita no Evangelho de Lucas capítulo 10. Muitos estudiosos também defendem essa opinião, porém, fora o relato no livro de Atos, Matias não é mencionado em nenhuma outra passagem do Novo Testamento. O que podemos afirmar com certeza é que ele, de fato, acompanhou o ministério de Jesus.
No momento da escolha foi pré-selecionado dois homens: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias (At 1:23). Então oraram ao Senhor, e pediram que Deus mostrasse qual dos dois seria o escolhido. Após a oração, lançando-lhes sortes, o escolhido foi Matias, que, por voto comum, compôs o grupo dos doze.

Evang. Dário Gomes de Araujo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara