"Confio em Fernando para mudar para melhor os destinos de Santa Cruz do Capibaribe", diz Vando da Sertec

Vando da Sertec e Fernando Aragão na Feira de Cacimba de Baixo

Santa Cruz do Capibaribe - Vando da Sertec em entrevista ao jornalista César Mello, no programa Panorama Político da Interativa FM, reiterou sua disposição em disputar mais uma vez uma vaga de vereador na Capital das Confecções. Vando "bateu na trave" em 2016, obtendo 805 votos. Com mais experiência e ancorado no seu trabalho na Feira de Animais e da Agricultura Familiar de Cacimba de Baixo ele, que é filiado ao Progressistas, pretende ocupar uma das dezessete cadeiras da Casa José Vieira de Araujo a partir de 2021.

Em tempos de isolamento social ele se desdobra para fazer sua pré-campanha: "Não está sendo fácil fazer pré-campanha, as visitas tão importantes nesse período não podemos fazer e o que nos resta é manter contato por telefone e nas redes sociais e isso é o que estou fazendo".

Vando é um aliado de primeira hora de Fernando Aragão e fala com entusiasmo da sua pré-candidatura: "A campanha de Fernando está de vento em popa. É uma candidatura que nasceu do povo e eu vejo que está cada vez melhor sua aceitação. Eu acredito que Fernando será um grande gestor, pois reúne todas as condições para administrar nosso município. Sua capacidade é enorme e essa confiança ele passa para as pessoas. Ele também tem vasto conhecimento da máquina pública, ele sabe como tudo funciona e isso tudo é o que conta. Honestidade, capacidade e experiência são qualidades que sobressaem em seu currículo e por isso confio nele para mudar para melhor os destinos de Santa Cruz do Capibaribe".

Quando perguntado sobre a pré-candidatura de Helinho Aragão ele comentou: "Eu fico triste quando vejo esta forma de fazer política de alguns do nosso grupo. Estão querendo colocar um candidato de goela abaixo, Helinho que é meu amigo está sendo posto por esse grupo, eu tenho o maior respeito por ele, mas não é o momento dele não, ele ainda está "verdinho", tem muito para amadurecer e na minha opinião ainda não está preparado. Respeito a opinião de quem acha que sim, isso é democracia, mas eu fico com Fernando que é candidato do povo e bola pra frente".

Sobre uma junção do grupo em torno da candidatura de Fernando ele foi taxativo: "Eu acredito que lá na frente estaremos todos juntos, mesmo com essa divisão do momento. Na eleição de 2016 tivemos problemas parecidos e como vimos, na hora certa, a união aconteceu. Fernando unirá todos em torno do seu nome, pois é o que tem o apoio popular e isso é o mais importante".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS