Postagens

Mostrando postagens de Junho 1, 2018

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe divulga novo cronograma de atividades do Concurso Público

Imagem
A Prefeitura Municipal, através do Coniape e da ADM&TEC, informa as novas datas, horários, locais e documentos necessários para os participantes inscritos no Concurso Público de Santa Cruz do Capibaribe.
A partir de hoje (01 de junho) está disponível no site da ADM&TEC, o local de realização das provas objetivas e os seus respectivos horários, manhã e tarde. Sendo o período da manhã dedicado aos cargos de nível superior e fundamental, e a tarde para os cargos de nível médio.
É importante lembrar que, no dia da prova (07 e 08 de julho), o candidato deverá portar de caneta com tubos transparentes, lanches em sacos plásticos e garrafas transparentes, sendo proibido levar o celular.
O edital completo com o novo cronograma incluindo provas de títulos, resultados e questões de desempate, está disponível através do link:https://bit.ly/2spPozt. Caso o candidato tenha alguma dúvida sobre o Concurso, poderá obter esclarecimentos através do emailconcursos@admtec.org.br e do telefone (81…

Doria sugere aliança Alckmin-Rocha e constrange PSDB

Imagem
Ex-prefeito e empresário participaram juntos da Marcha Para Jesus nesta quinta-feira, 31
Daniel Weterman e Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo
Pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, o ex-prefeito João Doria disse nesta quinta-feira, 31, que o empresário Flavio Rocha, presidenciável do PRB, e o ex-governador Geraldo Alckmin "estarão juntos" na disputa pelo Palácio do Planalto. A declaração irritou aliados de Alckmin, que consideram precipitado o gesto de Doria. Alckmin mantém conversas com o PRB e reuniu-se na semana passada com o presidente nacional do partido, Marcos Pereira. 
Para Doria, a aliança dos dois seria benéfica para o que ele considera uma união do centro contra as pré-candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT). "Será e estarão juntos", disse após participar da Marcha Para Jesus, na capital paulista. 
Doria, Rocha e Covas participaram da Marcha Para Jesus Foto: Gabriela Biló/Estadão
Em outra frente, o deputado federal Marcus Pest…

Dez parlamentares evitam pena com recursos no STF

Imagem
Deputados e senadores foram condenados por crimes como peculato e fraude em licitação; caso de emedebista, sentenciado a seis anos de prisão, está na Corte desde 2003
Amanda Pupo, O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - Dez parlamentares condenados pela Justiça continuam a exercer seus mandatos e não tiveram as penas executadas, pois ainda dispõem de recursos contra a decisão no Supremo Tribunal Federal (STF). Esses processos fazem parte do conjunto de 52 ações penais que permaneceram na Corte mesmo após a restrição ao foro privilegiado, segundo levantamento do Estadão/Broadcast. 
Plenário do STF em Brasília - Foto: André Dusek/Estadão
É o caso do senador Valdir Raupp (MDB-RO), condenado em 2002 a 6 anos de reclusão. A ação penal chegou ao STF em outubro de 2003, sob relatoria do ministro Celso de Mello, e ainda não tem decisão. Raupp também é réu na Corte por investigações da Operação Lava Jato.
Na terça-feira, 29, o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) se tornou o primeiro parlamentar réu d…

Pedro Parente pede demissão da Petrobras

Imagem
O agora ex-presidente da Petrobras Pedro Parente (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º).
De acordo com comunicado da estatal, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração.
Ainda de acordo com o comunicado, a diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.
Parente ficou exatamente dois anos no comando da Petrobras, já que tomou posse no dia 1º de junho de 2016.
Leia a íntegra do Fato Relevante da Petrobras, enviado ao mercado:
Fato Relevante- Mudança na Administração
Rio de Janeiro, 1º de junho de 2018 – Petróleo Brasileiro S.A – A Petrobras informa que o senhor Pedro Parente pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras ao longo do dia de hoje. A composição dos demais membros da diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer …

Temer reduz programas sociais para compensar queda do diesel

Imagem
por Miguel Martins Carta Capital
Mais de 200 milhões de reais do pacote de redução de despesas do governo vem de iniciativas na educação, saúde e reforma agrária
Marcelo Camargo /Ag Brasil O total dos cortes em despesas do governo foi de mais de 3 bilhões de reais
Para compensar a queda de 46 centavos no preço do diesel e o congelamento do valor do combustível pelos próximos 60 dias, Michel Temer reduziu benefícios fiscais a setores da economia, mas também cortou recursos em programas de saúde, educação, reforma agrária, ciência, além de cancelar iniciativas para mulheres, jovens e indígenas. Mais de 200 milhões de reais foram retirados apenas das três primeiras áreas. 
O governo estima em 9,5 bilhões de reais o custo do programa para subsidiar a redução no preço do diesel e em 4 bilhões de reais a queda na arrecadação. Dos 46 centavos de desconto, 16 são referentes à redução de impostos que incidem sobre combustíveis e outros 30 à subvenção direta para a Petrobras e para os importado…