Procon de Santa Cruz do Capibaribe orienta sobre produtos permitidos e proibidos de constarem em listas de material escolar


A fim de orientar os responsáveis por alunos e instituições de ensino, o PROCON de Santa Cruz do Capibaribe emitiu nota técnica sobre lista de material escolar permitida e proibida para o ano de 2021, sob a orientação do PROCON-PE. A nota prevê a possibilidade de devolução do material não utilizado, ao final do ano letivo, em decorrência das medidas de enfrentamento ao novo coronavírus.

Materiais escolares de uso coletivo, de escritório e de higiene estão proibidos de constarem nas listas fornecidas pelas escolas particulares, a exemplo de papel higiênico, detergente, TNT, giz branco ou colorido e álcool (em gel ou líquido).

De acordo com a nota, as instituições podem solicitar aos alunos do Ensino Fundamental I shampoo e sabonete, desde que os mesmos estejam matriculados na modalidade de tempo integral. Máscaras de proteção podem estar inclusas no uniforme escolar, cabendo aos responsáveis e/ou alunos adquirirem o produto de sua preferência onde for mais conveniente.

Em casos de dúvidas ou denúncias, o PROCON de Santa Cruz do Capibaribe está com atendimento aberto ao público no prédio da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social, na Avenida Padre Zuzinha, nº 178, Centro, das 08h às 12h, de segunda-feira a sexta-feira, ou através do contato WhatsApp (81) 3731-8620.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Dispensa comentários