Procon de Santa Cruz do Capibaribe orienta sobre produtos permitidos e proibidos de constarem em listas de material escolar


A fim de orientar os responsáveis por alunos e instituições de ensino, o PROCON de Santa Cruz do Capibaribe emitiu nota técnica sobre lista de material escolar permitida e proibida para o ano de 2021, sob a orientação do PROCON-PE. A nota prevê a possibilidade de devolução do material não utilizado, ao final do ano letivo, em decorrência das medidas de enfrentamento ao novo coronavírus.

Materiais escolares de uso coletivo, de escritório e de higiene estão proibidos de constarem nas listas fornecidas pelas escolas particulares, a exemplo de papel higiênico, detergente, TNT, giz branco ou colorido e álcool (em gel ou líquido).

De acordo com a nota, as instituições podem solicitar aos alunos do Ensino Fundamental I shampoo e sabonete, desde que os mesmos estejam matriculados na modalidade de tempo integral. Máscaras de proteção podem estar inclusas no uniforme escolar, cabendo aos responsáveis e/ou alunos adquirirem o produto de sua preferência onde for mais conveniente.

Em casos de dúvidas ou denúncias, o PROCON de Santa Cruz do Capibaribe está com atendimento aberto ao público no prédio da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social, na Avenida Padre Zuzinha, nº 178, Centro, das 08h às 12h, de segunda-feira a sexta-feira, ou através do contato WhatsApp (81) 3731-8620.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz