Postagens

Mostrando postagens de Março 22, 2020

Novo decreto estabelece expediente apenas para serviços essenciais

Imagem
Demais atividades funcionarão em modelo remoto ou em sistema de rodízio, a depender da secretaria
Com o objetivo de conter o avanço do coronavírus dentro da própria administração de Pernambuco, o governador Paulo Câmara estabeleceu, neste domingo (22.03), medidas restritivas voltadas para os servidores estaduais, que passam a valer a partir desta segunda-feira (23). Por meio de decreto, o Governo determina que o atendimento presencial prestado por órgãos estaduais deve ser substituído por atendimento remoto, e orienta ainda a adoção do sistema de rodízio no caso dos serviços presenciais necessários às ações de enfrentamento à Covid-19 no Estado. A iniciativa busca reduzir a exposição dos servidores a eventuais fatores de risco.
Prestadores de serviço terceirizados que atuam na administração estadual também estão enquadrados no decreto. As novas determinações, porém, não se aplicam aos serviços públicos essenciais e presenciais, a exemplo das áreas de saúde, segurança pública, prevenção …

PEÇA PELO WHATS APP

Imagem

Coronavírus: o impacto na economia chinesa, e por que isso é uma grande ameaça ao mundo

Imagem
BBC NEWS BRASIL
A China publicou dados mais negativos do que se esperava  sobre sua economia, a segunda maior do mundo BBC NEWS BRASIL
O impacto que a crise do coronavírus terá na economia chinesa ainda está por ser conhecido, mas os números preliminares publicados nos últimos dias revelam um quadro sombrio, que também deve afetar com fortemente outros países.
O Escritório Nacional de Estatística da China registrou quedas recordes na produção industrial, varejo e investimentos em ativos fixos, que, somados a outros índices, antecipam um colapso em várias frentes econômicas.
Segundo especialistas, os dados revelam a escala dos danos causados pelo novo coronavírus e vão aumentar os temores de uma recessão global.
Os números foram divulgados no mesmo dia em que as mortes relacionadas à covid-19 — a doença causada pelo coronavírus — fora da China excederam as registradas no país asiático.
Os dados também coincidiram com o corte promovido pelo Federal Reserve (o banco central dos Estados Unidos) n…

Posso sair para caminhar? E andar de elevador? Veja as respostas segundo o Ministério da Saúde

Imagem
Anne Warth, Felipe Frazão, Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo
O Ministério da Saúde esclareceu neste sábado, em entrevista coletiva, uma série de dúvidas sobre as orientações para o período de isolamento social imposto pelo novo coronavírus. Posso levar meu cachorro para passear? Posso levar meus filhos ao parquinho? Posso sair para correr na rua? Posso andar de bicicleta? As respostas são praticamente as mesmas para todas as perguntas: evitar aglomerações. 
LEIA TAMBÉM >'Estado' libera conteúdo para não assinantes
Segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, e o secretário de Vigilância Sanitária, Wanderson Oliveira, as regras são as seguintes:
Com Parque do Ibirapuera fechado, corredor pratica exercício do lado de fora  Foto: Werther Santana/Estadão
Andar de elevador com mais de quatro pessoas nem pensar. Aguarde o próximo. Segundo o Ministério da Saúde, uma pessoa doente no elevador pode contaminar outras. Também tome cuidados de higiene ao a…

Coronavírus: idosos são mais vulneráveis e precisam de cuidados especiais

Imagem
Além de cumprirem as restrições impostas pelos governos, brasileiros acima de 60 anos precisam da solidariedade dos mais jovens para não sucumbirem à infecção da Covid-19.  Especialistas recomendam contatos virtuais para compensar a perda de convívio pessoal
ST Sarah Teófilo Correio Braziliense
(foto: Paulinho Miranda/CB/D.A Press)
Moradora de Caxias do Sul (RS), a aposentada Cely Annita Miorelli, de 88 anos, sente falta das tardes de canastra com outras três amigas. “Infelizmente não dá mais”, lamenta. As quatro mulheres não se veem há oito dias. Desde então cada uma passou a ficar reclusa em casa. Quando precisa abastecer a casa, Cely pede ajuda à filha. Sai apenas para ir à residência ao lado, onde mora a madrasta de 93 anos. Ainda assim, segundo ela, as visitas não são longas como antes, com muito chimarrão. Beijos e abraços também ficaram no passado.
Cely está no grupo de risco da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Ela faz parte dos 31,9 milhões de brasileiros – o equivale…