Cidadania pede a saída de Jorge Kajuru sob acusação de crime de responsabilidade

Senador gravou conversa com o presidente Jair Bolsonaro no qual fala sobre CPI da pandemia e impeachment de ministros do STF; 
ele deve ir para o Podemos

Por iG Último Segundo

Waldemir Barreto/Agência Senado
Senador Jorge Kajuru deve ir para o Podemos

O Cidadania pediu, nesta segunda-feira (12), a saída do senador Jorge Kajuru (GO) da legenda sob acusações de que teria cometido crime de responsabilidade ao conversar com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a instalação da CPI da Covid e a abertura de pedidos de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Kajuru deve se filiar ao Podemos. Ele vai conversar com o líder do partido no Senado, Alvaro Dias, nesta terça-feira (13). Em reunião online com correlegionários do Paraná na noite desta segunda, Alvaro confirmou que Kajuru vai se filiar à legenda.

Nota do Cidadania

Em nota, o Cidadania condenou o que chamou de "interferência do Executivo no Senado" e de "clara tentativa de intimidação de ministros".

“O Cidadania reafirma a defesa irrestrita do estado democrático, dos valores republicanos e da separação entre os Poderes, especialmente do papel da Suprema Corte como guardiã da Constituição”, diz a nota, assinada pelo presidente do partido, Roberto Freire.

Leia também

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre