URGENTE: GILMAR MANTÉM QUEIROZ E MULHER EM PRISÃO DOMICILIAR

O Antagonista

Gilmar Mendes acaba de derrubar a prisão de Fabrício Queiroz e Márcia Aguiar. Com isso, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro e a mulher não precisarão mais voltar à cadeia, como havia determinado ontem o ministro Félix Fischer, do STJ.

O habeas corpus foi apresentado na noite de domingo (9). Como antecipamos, Gilmar Mendes aguardou a decisão de Félix Fischer sobre o caso antes de decidir.

Apesar de a decisão de Fischer ter sido assinada no início da noite de ontem, Queiroz não foi para a prisão porque não recebeu a ordem em sua casa. Ele chegou a sair pela manhã, para exames que estavam autorizados, e voltou para seu apartamento no bairro da Taquara, no Rio.

Ontem, Gilmar Mendes pediu informações sobre o caso de Queiroz à Justiça do Rio de Janeiro e ao STJ, mas hoje, após novo pedido de liminar, despachou antes da chegada dos papeis.

Fischer havia acolhido recurso do Ministério Público Federal contra decisão do presidente do STJ, João Otávio de Noronha, que, no plantão durante o recesso de julho, permitiu que Queiroz e Márcia, então foragida, ficassem em prisão domiciliar.

Em sua decisão, Fischer havia determinado que o Tribunal de Justiça do Rio avaliasse o habeas corpus apresentado à segunda instância com urgência, porque os desembargadores remeteram o pedido diretamente para o STJ sem analisá-lo.

Ele é o relator sorteado do caso no STJ, mas estava afastado por motivos de saúde. Chegou a passar por uma cirurgia e, depois de alta médica, teve uma recaída. No último sábado, voltou para casa e reassumiu os processos do gabinete.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS