Governador Wilson Witzel testa positivo para coronavírus


Governador do Rio de Janeiro testa positivo para o novo coronavírus. Wilson Witzel acaba de divulgar um comunicado oficial

Wilson Witzel

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, de 52 anos, afirmou hoje via Twitter que seu teste para o novo coronavírus deu positivo. Witzel contou que não está se sentindo bem desde a última sexta-feira, com tosse, febre e perda do olfato.

“Quero comunicar a todos que deste sexta-feira não venho me sentindo bem. Pedi para que fosse feito o teste para covid e o resultado foi positivo. Tive febre, dor de garganta, perda de olfato”, disse Witzel.

“Graças a Deus estou me sentindo bem e continuarei trabalhando, aqui do Palácio das Laranjeiras, mantendo as restrições e recomendações médicas. E tenho certeza que vou superar mais essa dificuldade. Mas podem contar comigo, vou continuar trabalhando. Peço mais uma vez para que fiquem em casa, porque a doença, como todos podem estar percebendo, não escolhe ninguém e o contágio é rápido”, completou.

(continua após o vídeo)

Nesta segunda-feira (13), o governador do Rio de Janeiro prorrogou até o próximo dia 30, as medidas que restringem a circulação de pessoas em todo o estado. O decreto faz parte da política de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Segue decretado o fechamento de escolas públicas e privadas, creches e instituições de ensino superior. Também continuam proibidos eventos esportivos, shows e outros eventos que ocasionem a aglomeração de pessoas.

Cinemas, teatros, lonas culturais, shopping centers e academia de ginásticas também devem permanecer fechados. Os demais tipos de comércio estão autorizados apenas a realizar atendimentos em domicílio, no esquema “delivery”.
Hospital à beira do colapso

O hospital de referência no tratamento da Covid-19 da prefeitura do Rio, o Ronaldo Gazolla, em Acari, na Zona Norte da cidade, tem mais de 90% das vagas ocupadas nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). É ele que concentra a maioria dos leitos disponíveis para tratamento de pacientes vítimas do novo coronavírus na capital.

A rede municipal de Saúde do Rio tem, no momento, 170 leitos exclusivos para o coronavírus. Destes, 150 são no Hospital Ronaldo Gazolla e, dentre eles, 137 já estão ocupados e somente 13 estão vagos.

No início do mês, o presidente Jair Bolsonaro chegou a usar o Hospital Ronaldo Gazzola como exemplo de que havia exagero na prevenção à Covid-19.

Siga-nos no Instagram | Twitter | Facebook

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS