Postagens

Mostrando postagens de Outubro 8, 2019

Paulo Câmara defende resolução das pautas federativas ainda em 2019

Imagem
Governador participou, nesta terça-feira, do fórum nacional com os demais gestores estaduais
BRASÍLIA - A possibilidade de resolução, ainda em 2019, das principais questões federativas que tramitam no Congresso Nacional foi destacada, nesta terça-feira (08.10), pelo governador Paulo Câmara durante o VII Fórum Nacional de Governadores. Na ocasião, o gestor pernambucano ratificou que os chefes dos Executivos estaduais devem estar alertas ao assunto, e citou a Cessão Onerosa e o debate sobre a Lei Mansueto como exemplos.
“Sobre a Cessão Onerosa, temos que estar em alerta, pois é o único recurso ainda nesse ano de grande volume que vai poder ser disponibilizado para Estados e municípios. É uma pauta que precisamos ratificar o que já foi dito”, afirmou, observando na sequência: “O Plano Mansueto, que ainda está no Congresso, é mais um ponto fundamental para a gente encerrar 2019 com as nossas questões da pauta federativa resolvidas”, concluiu. 
Ao longo da reunião, os governadores voltaram a …

NESTA TERÇA-FEIRA (08) TEM DEBATE NO PROGRAMA OLHANDO DE FRENTE

Imagem
Fique atento - O Olhando de Frente vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 18 horas e é transmitido pelas rádios Comunidade e Nova Geração FM. Acesse: COMUNIDADE FM

Bolsonaro recomenda a apoiador ‘esquecer o PSL’ e diz que Bivar ‘está queimado’

Imagem
Ele falou sobre o presidente do seu partido com homem que afirmou ser pré-candidato no Recife
Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro deu indícios nesta terça-feira, 8, de que pode deixar o PSL, sigla pela qual se elegeu no ano passado. Ao ser abordado por um apoiador na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília, pediu a ele que “esquecesse” o partido e afirmou que o presidente da legenda, o deputado Luciano Bivar (PE), "está queimado para caramba".
O partido é alvo de disputas internas e sua bancada na Câmara está dividida, com ameaça de debandada. O comando de Bivar é contestado por aliados de Bolsonaro, que tentam tomar as rédeas da sigla tendo em vista as eleições municipais do ano que vem.
A declaração de Bolsonaro para “esquecer” o partido ocorreu após um apoiador abordá-lo dizendo ser pré-candidato no Recife (PE) pelo PSL. O presidente costuma atender quem o espera na porta do Alvorada, pela manhã, para conversar e tirar fotos. Logo …