Postagens

Mostrando postagens de Abril 14, 2019

Público de estreia da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém cresce 64%

Imagem
A temporada 2019 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém começou no sábado (13) registrando um alta de 64% no número de expectadores. Foram 9.700 contra 5.900 na estreia do ano anterior. O espetáculo, realizado no município do Brejo da Madre de Deus (PE), vai até o próximo sábado dia 20.
Os organizadores do evento atribuem essa ampliação significativa no público a redução do valor dos ingressos mais caros de R$ 140,00 para R$ 120,00 (meia-entrada R$ 60,00), intensificação das campanhas nas redes sociais e massificação da publicidade na TV.

“O País ainda sofre com as consequências da crise econômica enfrentada nos últimos anos, em razão disso, resolvemos reduzir o valor dos ingressos como forma de atrair o público”, afirma Robinson Pacheco, coordenador geral do espetáculo. Ele conta que, historicamente, o público da Paixão de Cristo sofre reflexos diretos da conjuntura econômica nacional. “A alta do público pode também estar sinalizando que as coisas estão melhorando”, argumentou.
Procu…

LERO DESEMBARCA DO PR. DESTINO: PSB

Imagem
Prefeito de Taquaritinga do Norte vai deixar o Partido da República (PR) e se filiar ao Partido Socialista Brasileiro (PSB)
PREFEITO LERO IVANILDO, DE TAQUARITINGA DO NORTE
Lero declarou que sairá candidato à reeleição em 2020, mas desta feita por outra sigla partidária. Favorito para conquistar seu segundo mandato deverá ter em sua coligação majoritária o PSB do governador Paulo Câmara e o PCdoB da vice governadora Luciana Santos.
A seu favor o prefeito Lero vem fazendo uma administração enxuta, mantendo os pagamentos em dia e valorizando o potencial turístico da Dália da Serra, sem esquecer os distritos e a zona rural. 
A oposição em Taquaritinga bate cabeça e precisa passar firmeza e credibilidade se quiser barrar o prefeito nas suas pretensões eleitorais. O tempo não para, como diz Marcondes Moreno.

Diesel atinge maior valor nas bombas em 4 meses

Imagem
Litro do combustível supera R$ 3,63; intervenção de Jair Bolsonaro na Petrobras para impedir reajuste gerou críticas de especialistas
Fernando Mellis, do R7*
Preço do diesel não tem reajuste desde 22 de março Jr Manolo/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 26.2.2019
O preço do diesel S10, usado para o transporte rodoviário, é o mais alto desde meados de dezembro. Nas últimas semanas, o litro está custando mais de R$ 3,63, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).
Na tentativa de evitar mais um reajuste para cima, nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro interveio para que a Petrobras segurasse o preço e apresentasse justificativas.
A decisão gerou polêmica e fez com que as ações da Petrobras na bolsa despencassem e fechassem a semana com queda superior a 8%. 
Na visão de Bolsonaro, o reajuste nas refinarias proposto pela Petrobras, de 5,7%, estava acima da inflação nos últimos 12 meses, que é de 4,58%. O preço do diesel não sofre alteração desde 22 de m…

Palavras que edificam

Imagem
Sua meditação diária na Palavra de Deus 
O guarda fiel de seu povo


Para este domingo quero deixar este salmo para meditação de  todos os nossos leitores, para aqueles que confiam no poderoso guarda que nunca nos deixa só.
SALMO 121

Elevo os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro? O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita. O sol não te molestará de dia nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal;  Ele guardará a tua alma. O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre.
Salmo 121. 1 a 8
Evang. Dário Gomes de Araujo

Entenda como a interferência de Bolsonaro na Petrobras abalou o governo

Imagem
Depois de interferir no reajuste do diesel, presidente Jair Bolsonaro faz reuniões para tentar reverter queda de 7,75% da empresa na bolsa e evitar crises econômica e política. Motivo principal da ordem dada à estatal foi evitar uma nova paralisação dos caminhoneiros
BS RC RH SK Correio Braziliense
Caminhoneiros seguem com preço do diesel sem aumento, mas ordem de  Bolsonaro não foi unânime nem entre os integrantes da categoria (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press - 26/5/18)
O presidente Jair Bolsonaro mergulhou o governo em uma nova polêmica. Dessa vez, com os agentes econômicos. O chefe do Palácio do Planalto ligou na quinta-feira para o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, determinando que segurasse o reajuste do óleo diesel anunciado na tarde daquele dia, de 5,7%. A ordem repercutiu mal nos mercados e provocou a queda de 7,75% no valor das ações preferenciais da estatal (Leia na matéria abaixo). A classe política também se manifestou e cobrou coerência do liberalismo…