Parlamentares defendem manutenção do SUAS Garanhuns


Nesta quinta-feira (23), a Caravana em defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) chegou ao município de Garanhuns, no Agreste Meridional. No encontro, realizado na Câmara Municipal, estiveram presentes membros da Frente Parlamentar criada para defender o sistema, entre eles, os deputados estaduais socialistas Diogo Moraes e Isaltino Nascimento, relator e coordenador do colegiado, respectivamente, e ainda Sivaldo Albino. O secretário executivo de assistência Social do Estado, Joelson Rodrigues, também marcou presença. 

Após a abertura do encontro, feita por Isaltino, foi dada a palavra ao relator, deputado Diogo Moraes. “Nós estamos percorrendo o Estado, passando por várias cidades e vamos continuar na caminhada. Estamos fazendo isso, porque estamos com um problema serio no Sistema Único de Assistência Social e queremos alertar e convocar todo o povo pernambucano a resistir e levantar a bandeira da assistência social”, pontuou Moraes. 

Segundo Diogo, recentemente, o Governo Federal fez um corte de 30% no orçamento das universidades e institutos federais. “Obviamente, os universitários tem uma força muito maior de irem as ruas, tem um poder muito mais forte, de uma juventude forte e aguerrida. Sabe porque nós estamos convocando e passando nas cidades de pernambuco? Porque não tem quem não levante a bandeira do idoso, do deficiente físico ou de pessoas de vulnerabilidade social, seja pela droga, pelo álcool ou pelo abandono”, afirmou. 

Para o deputado Estadual Sivaldo Albino, é importante ampliar o debate sobre o tema. “A classe política e a sociedade precisa se unir a grande massa. Ao povo que de fato precisa. O companheiro Diogo Moraes trouxe dados aqui, que os vereadores da região podem ficar atentos. Os cortes aqui são de 183%. Isso vai refletir em toda a região, vai prejudicar nosso estado”, declarou. 

Presente no encontro, o secretário executivo de Assistência Social de Pernambuco, Joelson Rodrigues, fez uma apresentação apontando os principais dados do desmonte do SUAS. “Está dentro da reforma da previdência questões que apertam a assistência social. Neste sentido, É importante considerar a situação de pobreza da população. Ela está sendo deixada de fora. Ainda dentro dessa proposta, estão aumentando a idade pra 70 anos no acesso ao BPC. Sem contar nas dificuldades da aposentadoria do trabalhador rural dentro da nova previdência. Além disso, o governo federal já afirmou que a conferência nacional do SUAS não será realizada. Pernambuco fará a sua conferência para apoiar os municípios do nosso estado e levantar a bandeira deste sistema essencial para milhares de pessoas”, afirmou. 

As próximas paradas da Caravana serão em Palmares (30.05), Serra Talhada (05.06), Ouricuri (06.06) e Petrolina (07.06). A caravana é uma ação conjunta da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS na Assembleia Legislativa e da Frente Pernambucana em Defesa do SUAS.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara