PREFEITO EDSON VIEIRA TEM MUITO A EXPLICAR

Hoje é primeiro de abril e a população da Capital da Moda bem que gostaria que fossem mentiras as manchetes veiculadas pela imprensa neste dia


Matadouro- Desde a sexta-feira (29) que a justiça mandou interditar o Matadouro Público Municipal. O motivo: irregularidades apontadas nos relatórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) e Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

Em dezembro de 2018, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) denunciou o local também por irregularidades. Em caso de descumprimento da decisão, a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe pode pagar multa de mil a R$ 50 mil.

O Vereador Carlinhos da Cohab denunciou, ano passado, que o descarte dos resíduos e efluentes do Matadouro estava sendo feito, de forma irregular, em uma propriedade particular no Sítio Moreira, próximo da Vila do Pará, motivando a instauração de um Inquérito Civil Público, resultando em uma Ação Civil Pública.

Em nota o prefeito tenta transferir sua culpa.

Sobre este caso falou o Promotor Dr Iron Miranda dos Anjos:


Ambulância- No último sábado (30) o prefeito entregou uma ambulância para prestar serviços à Comunidade da Vila do Pará. Até aí nada que desmerecesse o ato, até que consultada a placa do veículo constatou-se que ele já havia sido entregue em outro evento na Sede do Município no ano passado. A população se sente enganada e neste primeiro de abril nada mais sugestivo para ser assunto em todo o município.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE