Depois de ação de FBC, Raul Henry remarca convenção estadual do MDB

Do Blog de Jamildo

Na campanha de 2014, Jarbas, Raul Henry, Paulo Câmara, Fernando Bezerra Coelho e Geraldo Julio (Foto: Michelle Souza/Acervo JC Imagem)

Na última segunda-feira (9), a menos de duas semanas das convenções partidárias, ocorreu mais um capítulo da disputa judicial entre os grupos de FBC e Jarbas Vasconcelos pelo comando do MDB de Pernambuco. 

O documento protocolado ontem (11) chama a atenção para a “urgência na análise e no deferimento do presente pedido”, considerando o prazo para definição de candidatos e formação de coligações que deve acontecer entre os dias 20 de julho a 5 de agosto. 

A executiva nacional do MDB, que se baseia no prazo de realização das convenções partidárias para pedir urgência na análise, espera que a decisão seja tomada pela Ministra Carmén Lúcia, que responde pelo plantão até 31 de julho.

Já a executiva estadual do partido, que é presidida pelo vice-governador Raul Henry, espera que Ricardo Lewandowski – que volta a responder pelo processo em 1º de agosto – tome a decisão, sendo por isso o fato de a convenção estadual do MDB ter mudado de data – para o dia 3 de agosto -, para que a sua realização no dia 20 não seja pretexto para que a decisão seja tomada pela magistrada em regime de plantão. 

“Em resumo, o fato de haver datas legalmente estabelecidas para a realização das convenções partidárias – a partir de 20/07/2018 – torna ainda mais urgente a prestação jurisdicional que encerre os litígios no STF e no TSE, de maneira que os processos voltem a ter curso na jurisdição ordinária e que não haja risco de perecimento do direito postulado”, diz o texto, que pede para rever parcialmente a liminar de Lewandowski que manteve o diretório do MDB de Pernambuco com Raul Henry. 

Caso o parecer pela extinção do processo seja acatado no STF, Fernando Bezerra Coelho deve voltar ao comando do MDB no Estado. A volta de FBC ao comando da legenda poderá ser prejudicial ao governador Paulo Câmara (PSB), pela perda do tempo de guia eleitoral do MDB. Com esse eventual resultado a favor de FBC, a postulação de Jarbas Vasconcelos ao Senado, na chapa do governador Paulo Câmara (PSB) fica inviabilizada, pois Jarbas está oficialmente filiado ao MDB.

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO