Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 2, 2016

Seminário da Unale discute experiências de combate à criminalidade

Imagem
Deputados de vários Estados brasileiros e consultores da Assembleia Legislativa de Pernambuco se reuniram nesta quinta-feira (1º) no Seminário de Segurança, promovido pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). 
O encontro aconteceu no Recife e teve como reflexão experiências de enfrentamento à violência, como a de Bogotá, capital e maior cidade da Colômbia. 
Os projetos desenvolvidos no Pacto pela Vida e no Centro Comunitário pela Paz (Compaz) também foram analisados nos painéis apresentados pelo secretário de Segurança do Recife, Murilo Cavalcanti, e do consultor legislativo da Alepe, Victor Barreto.
Segundo o primeiro-secretário da Alepe e tesoureiro da Unale, deputado Diogo Moraes "o seminário visa à multiplicação de modelos bem-sucedidos de combate à violência, a exemplo do Recife, que se tornou a capital com menor índice de Crimes Violentos Letais Intencionais da Região Nordeste, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública." Entre os ca…

ADEUS DONA ZEFINHA CATANHA. DESCANSE EM PAZ MINHA AMIGA.

Imagem

NOVEMBRO AZUL MOVIMENTOU ALUNOS DO DEVRY UNIFAVIP

Imagem
Caruaru - Alunos do Curso de Enfermagem do Devry Unifavip promoveram a Campanha Novembro Azul e com isso tiveram a oportunidade de mostrar o conhecimento adquirido no dia a dia acadêmico, pondo em prática o que aprenderam. 
Na área comum do Centro Universitário eles atenderam diversas pessoas no sentido de esclarecer dúvidas e orientar para que procurassem serviços especializados, caso assim necessitassem. Fizeram medição de pressão e testes de glicemia.
'Eventos assim são muito importantes e ajudam na vivência, pois lidamos diretamente com o público que precisa da informação e do procedimento', falou Camilla Vasconcelos, aluna do 7° período.
O aluno do 4° período Hérikris Nogueira falou sobre o curso: 'O diferencial do curso é o ajudar, é o cuidar do próximo, é você viver sua vida para ajudar o próximo. Sua vida não vai ser só sua. Sua vida vai ser refletida ao próximo. O que me levou a escolher o curso foi isso. Foi saber que eu posso ajudar as pessoas e posso me ajudar t…

DENÚNCIA DE QUE AGU JÁ ERA CONTRA PRÉDIO DE GEDDEL AGRAVA CRISE, DIZ HUMBERTO

Imagem
Revelação de que a Advocacia-Geral da União (AGU) também já havia proibido, assim como o Iphan, que o empreendimento imobiliário de Geddel Vieira Lima (PMDB) seguisse para além do limite permitido de altura em uma área histórica tombada na cidade de Salvador é um fato gravíssimo que só agrava a crise"; "É algo vergonhoso, que enseja, ainda, a apuração dos crimes comuns cometidos por Michel Temer – um réu confesso, um sujeito que assumiu publicamente que arbitrou, como presidente da República, interesses privados –, bem como os crimes de responsabilidade que praticou no exercício do cargo", pontuou
Pernambuco 247 - A revelação de que a Advocacia-Geral da União (AGU) também já havia proibido, assim com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que o empreendimento imobiliário luxuoso de Geddel Vieira Lima (PMDB) seguisse para além do limite permitido de altura em uma área histórica tombada na cidade de Salvador cai como uma nova bomba no colo do go…

LINDBERGH A MORO: E SE UM JUIZ DO TEXAS GRAMPEASSE CLINTON E OBAMA?

Imagem
Senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou nesta quinta-feira, 1º, durante debate sobre o projeto de lei que pune juízes e procuradores por abuso de autoridade, que o juiz federal Sérgio Moro, da Lava Jato, também presente no Senado, "não está acima da lei"; "Não é sensato nem democrático considerar que uma tentativa de impedir um desequilíbrio na República, garantindo que todos sejam iguais perante a lei, é 'uma tentativa de controlar as investigações', como afirma Moro", disse; Lindbergh ainda questionou: "O senhor fala muito dos EUA, imagina um juiz de primeira instância do Texas gravar e divulgar conversa entre Clinton e Obama. O que aconteceria com ele?"
247 - O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) questionou nesta quinta-feira, 1º, durante debate sobre o projeto de lei que pune abuso de autoridade, o juiz federal Sérgio Moro. "O senhor não está acima da lei", disse o senador ao magistrado, que participava do debate no Senado.
"Não é…

Odebrecht assina acordo de leniência com procuradores da Lava Jato

Imagem
BELA MEGALE DE BRASÍLIA

A Odebrecht assinou na tarde desta quinta (1), em Curitiba, o acordo de leniência (espécie de delação premiada da pessoa jurídica) com os procuradores da Lava Jato.
Com a leniência firmada, a assinatura dos acordos de delação premiada dos 77 executivos do grupo, entre eles o herdeiro e ex-presidente Marcelo Odebrecht, começou a ser realizada nesta quinta em Brasília. Segundo envolvidos na negociação, boa parte deles já oficializou o acerto.
O presidente do Conselho de Administração e dono da empreiteira, Emílio Odebrecht, já assinou o acordo. Como o número de delatores é elevado, as assinaturas podem se estender por dois dias.
Com o acordo de leniência, a empresa garante o direito de continuar sendo contratada pelo poder público. Também retira um entrave à contratação de empréstimos junto a instituições financeiras.
No acordo de leniência, a empreiteira se compromete a pagar uma multa de R$ 6,7 bilhões em 20 anos. Esse valor inclui o montante devido pela Brask…

STF abre processo, e Renan vira réu sob acusação de desvio de dinheiro público

Imagem
Felipe AmorimDo UOL, em Brasília Aílton de Freitas/Ag. O Globo Senador Renan Calheiros pode tornar-se réu no STF pela primeira vez O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quinta-feira (1º) abrir ação penal e transformar em réu o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público). Os ministros do STF não aceitaram a parte da denúncia que acusava o senador também pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso. É a primeira vez que Renan se torna réu em uma ação penal. Ele é investigado no STF em mais 11 inquéritos, alguns deles derivados de operações como a Lava Jato e a Zelotes. O senador nega ter cometido qualquer irregularidade. A denúncia da Procuradoria-Geral da República acusa o senador de ter desviado parte de sua verba parlamentar, à que todo senador tem direito para pagar por atividades do mandato, para pagar a pensão alimentícia de uma filha. O desvio teria ocorrido, segundo a denúncia, por meio da simulação …