Luciana celebra frente ampla e confirma atos de Lula em BH e SP


Integrante da coordenação da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência, a vice-governadora Luciana Santos (PCdoB) confirmou, nesta segunda-feira (08), que os dois primeiros comícios do petista acontecerão nos dias 18, em Minas Gerais, e 20, em São Paulo. Ela participou, nesta manhã, de reunião com a cúpula da candidatura de Lula, na capital paulista.

Realizado após a oficialização da coligação, nomeada "Brasil pela Esperança", o encontro tratou do início formal da campanha, com avaliação sobre a ampliação das alianças, encaminhamentos práticos e definição sobre as iniciativas de rua.

A chapa de Lula tem o apoio formal de dez partidos - PT, PSB, PV, PCdoB, PSOL, Rede, Solidariedade, Avante, Pros e o Agir (antigo PTC) -, sendo a maior coligação das seis eleições disputadas pelo ex-presidente.

"Tivemos mais uma reunião muito profícua e produtiva. A avaliação é que, nesta fase da campanha, fizemos o que era possível na direção de consolidar a frente ampla. Não é à toa que chegamos aqui com dez partidos na coligação, além de onze diretórios estaduais do MDB e aliança com o PSD em vários estados", disse Luciana, que é candidata a vice-governadora na chapa encabeçada por Danilo Cabral (PSB) em Pernambuco.

De acordo com ela, agora, começa uma nova etapa, na qual será possível discutir um projeto para o país. "É chegada a fase de movimentações de rua, politização, elevação do debate de ideias para reconstruir esse país que Bolsonaro deixou em terra arrasada. Agora é todo mundo na rua, com alegria e disposição de luta", afirmou.

A ideia é dar o pontapé inicial da campanha nos dois maiores colégios eleitorais do país. Em Belo Horizonte, Lula realizará o ato ao lado do ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD), candidato ao governo de Minas Gerais, e do deputado André Janones (Avante-MG), que desistiu da pré-candidatura à presidência para reforçar o palanque petista. Já em São Paulo o desejo é promover a atividade no Vale do Anhangabaú, no centro da cidade, com o ex-ministro Fernando Haddad (PT), candidato ao governo do Estado.

Foto: Ricardo Stuckert

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre