Secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco visita Santa Cruz

Alberes Lopes esteve no prédio que será a sede da Central de Oportunidades do município, que trará diversos serviços para a população


Nesta quarta-feira (18), o Secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação do Estado de Pernambuco, Alberes Lopes, esteve no município de Santa Cruz do Capibaribe para vistoria da Central de Oportunidades, que será inaugurada nas próximas semanas. Ele foi recebido pelo prefeito Fábio Aragão, pelo deputado Diogo Moraes, pelos vereadores Carlinhos da Cohab e Flávio Pontes, além de secretários municipais.

"O prédio está numa excelente localização. A COP trará diversos serviços que até então não estavam disponíveis em Santa Cruz do Capibaribe, o que fazia com que os cidadãos tivessem que se deslocar até Caruaru. Teremos o Expresso Empreendedor, a Agência do Empreendedorismo do Estado e o Crédito Popular. Todos esses serviços vão trazer novos benefícios para os microempreendedores e trabalhadores de Santa Cruz", destacou Alberes.

Ivone Aragão, Alberes Lopes e Tody Dias

O secretário também se encontrou com a Secretária de Desenvolvimento Social, Ivone Aragão, e o Secretário Executivo Tody Dias, e destacou o empenho de ambos na busca por melhorias para a cidade. "Dona Ivone é uma mulher de garra e trabalhadora, indo sempre a Recife em busca de benefícios e projetos para Santa Cruz. Nessa pisada que ela vai, tenho certeza que muitas coisas serão entregues para o município", disse o secretário.

Alberes destacou a importância da Central de Oportunidades para os cidadãos durante esse período de recuperação da pandemia mundial, visto que muitas pessoas perderam seus empregos ou passaram por crises financeiras durante os últimos meses. "Tanto quem tiver CNPJ quanto quem não tiver pode ser beneficiado pelo Crédito Popular, que tem menos burocracia, com a menor taxa de juros do mercado e com o prazo ampliado de 12 para 14 meses, além de 60 dias de carência", declarou.


O Crédito Popular também traz benefícios para os empreendedores que contratarem novos funcionários, onde o Estado entra com metade do pagamento do salário dos novos contratados.

Edição- Jorge Luis
Reportagem- Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado