Postagens

Mostrando postagens de Abril 28, 2020

Compesa recebe solicitação de Eduardo da Fonte para acabar com racionamento de água em Santa Cruz do Capibaribe

Imagem
O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) encaminhou nesta terça-feira (28) à diretora-presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) uma solicitação para que sejam tomadas medidas para amenizar a falta d’água em Santa Cruz do Capibaribe. A proposta enviada pelo parlamentar inclui a instalação de uma bomba flutuante no Açude de Machados, a instalação de uma bomba na estação de tratamento de água da Vila Augusto e a canalização de 2 km entre a adutora do Alto Capibaribe e a ETA de Poço Fundo.
As ações foram sugeridas pelo deputado após solicitação do senhor Fernando Aragão e do vereador da cidade Carlinhos da COHAB, que se empenharam em buscar soluções para a distribuição de água no Município. Todos os mananciais que abastecem Santa Cruz do Capibaribe estão cheios, mas mesmo assim a população sofre com a falta d’água.
“Com essas ações, é possível que toda a cidade seja abastecida. A água é fundamental para ajudar na higienização e evitar o contágio pelo coronavírus. O cus…

Quem é André Mendonça, novo ministro da Justiça “terrivelmente evangélico”

Imagem
O profissional de carreira da Advocacia-Geral da União há 20 anos assume a pasta depois de pedido de demissão de Sergio Moro
Por Reuters
André Mendonça: novo ministro da Justiça comandou a AGU desde o início do atual governo,  em janeiro do ano passado (Câmara dos Deputados/Divulgação)
Profissional de carreira da Advocacia-Geral da União há 20 anos, André Mendonça tornou-se nesta terça-feira o ministro da Justiça “terrivelmente evangélico”, nas palavras do presidente Jair Bolsonaro, depois de comandar a AGU desde o início do atual governo em janeiro do ano passado.
De perfil técnico, como sempre gosta de ressaltar, Mendonça assumirá a pasta da Justiça e Segurança Pública no lugar de Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato que se tornou para muitos símbolo de combate à corrupção e que pediu demissão na sexta-feira fazendo acusações de que Bolsonaro quer interferir politicamente na Polícia Federal, que é subordinada ao ministério.
Nascido em Santos, litoral de São Paulo, Mendonça é pastor da …

Bolsonaro nomeia André Mendonça para o lugar de Moro e Ramagem para chefiar a PF

Imagem
Jose Levi, até então na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, fica no comando da AGU
Eliane Cantanhêde e Jussara Soares/BRASÍLIA e Paulo Roberto Netto e Luiz Vassallo/SÃO PAULO

O presidente da República, Jair Bolsonaro, nomeou, nesta terça-feira, 28, André Mendonça, que ocupava a Advocacia-Geral da União, para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, no lugar de Sérgio Moro. Em edição do Diário Oficial da União, também consta a nomeação do delegado da Polícia Federal Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral da PF. Jose Levi, até então na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, fica no comando da AGU.
Documento NOMEAÇÃO PDF
Bolsonaro bateu o martelo na tarde desta segunda, após se reunir com Mendonça e também com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, que até então vinha sendo considerado o candidato mais forte à vaga do ex-juiz Sérgio Moro.
Alexandre Ramagem, delegado da Polícia Federal, entrou para o rol auxiliares de confiança do Pla…

Em início preocupante, Teich atrasa a entrega de equipamentos anunciados

Imagem
Kits de UTIs e respiradores ainda não chegaram às localidades que registram aumentos do número de casos de coronavírus
Por Mariana Zylberkan  Veja
O novo ministro da Saúde, Nelson Teich Andressa Anholete/Getty Images
Empossado há cerca de uma semana, o ministro da Saúde, Nelson Teich, está sendo criticado por secretários estaduais de Saúde pela demora na entrega de equipamentos essenciais ao atendimento de pacientes graves de coronavírus, que acusam o ministério de “paralisia gerencial”. “A sensação é de abandono. Há um abismo entre o que é anunciado e o que de fato chega aos estados”, diz o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Alberto Beltrame.
Um dos atrasos mais preocupantes é o da entrega dos 2.000 kits de UTIs, anunciados pelo ministério há cerca de um mês no início da pandemia no país, ainda sob a gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta. Até agora, segundo dados do próprio ministério, só foram distribuídos 17% dos equipamentos prometidos.
A past…