PF encontra mala com cerca de R$ 1 milhão em operação em Patos de Minas

Ação que também envolve a Receita Federal e Procuradoria da Fazenda Nacional investiga empresas de diamantes
 e pedras preciosas por lavagem de dinheiro 
e empresários por evasão de divisa


Suspeita-se que mala pertença a um dos empresários investigados
(foto: Divulgação/Polícia Federal)

Uma mala cheia de dinheiro foi encontrada jogada no chão de um lote, durante a operação deflagrada na manhã desta terça-feira pela Polícia Federal (PF), Receita Federal e Procuradoria da Fazenda Nacional, em Patos de Minas, na Região do Alto Paranaíba. Os órgãos investigam empresas de diamantes e pedras preciosas por lavagem de dinheiro e empresários por evasão de divisas.

Estima-se que cerca de R$ 1 milhão tenha sido encontrado na mala. O dano causado ao erário por parte das empresas e dos sócios ainda está em levantamento pelos órgãos. Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta terça.

Segundo investigações, que começaram em maio de 2018, empresários dessas companhias são suspeitos de enriquecimento ilícito durante a gestão. De acordo com a PF, os investigados já respondem a ações fiscais por dívidas e podem cumprir até 16 anos de prisão, caso sejam condenados pelos crimes em apuração.

Os mandados cumpridos nesta terça-feira foram expedidos pela 4ª Vara da Justiça Federal de Belo Horizonte. O nome da operação, batizada de "A Incomparável do Abaeté", faz referência ao maior diamante encontrado no rio Abaeté, supostamente descoberto pelos investigados.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS