Exportações caem e balança comercial fecha o ano com menor saldo desde 2015

Por Agência O Globo | 02/01/2020 16:47

No ano passado, exportações tiveram um recuo de 7,5%, superando as importações em apenas US$ 46,7 bilhões; entenda o superávit pequeno

Valter Campanato/Agência Brasil
Queda das exportações levaram balança comercial ao menor saldo desde 2015

O saldo da balança comercial brasileira fechou 2019 com superávit de US$ 46,674 bilhões, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (2) pelo Ministério da Economia. Isso significa que as exportações superaram as importações no ano passado. Embora tenha ficado no azul, o resultado é o menor desde 2015, quando foi registrado superávit de US$ 19,5 bilhões.


A piora no desempenho do Brasil no comércio exterior é explicada principalmente pela queda nas exportações , que fecharam o ano em US$ 224,018 bilhões, queda de 7,5%, já considerando a diferença de números de dias úteis. O saldo teria sido pior, caso as importações não tivessem também caído: ficaram em US$ 177,344 bilhões, queda de 3,3%, também considerando a média diária.

O resultado de 2019 é 20,5% inferior ao registrado em 2018, quando a balança comercial fechou com saldo positivo de US$ 58,033 bilhões. A corrente de comércio, que soma importações e exportações e é um indicador da inserção do país no mercado internacional, fechou o ano com queda de 5,7%, para US$ 401,363 bilhões.


No ano passado, o país que mais comprou do Brasil foi a China . As exportações para o país asiático somaram US$ 65,389 bilhões. Os EUA ficaram em segundo lugar, com US$ 29,556 bilhões em compras de produtos brasileiros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS