Exportações caem e balança comercial fecha o ano com menor saldo desde 2015

Por Agência O Globo | 02/01/2020 16:47

No ano passado, exportações tiveram um recuo de 7,5%, superando as importações em apenas US$ 46,7 bilhões; entenda o superávit pequeno

Valter Campanato/Agência Brasil
Queda das exportações levaram balança comercial ao menor saldo desde 2015

O saldo da balança comercial brasileira fechou 2019 com superávit de US$ 46,674 bilhões, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (2) pelo Ministério da Economia. Isso significa que as exportações superaram as importações no ano passado. Embora tenha ficado no azul, o resultado é o menor desde 2015, quando foi registrado superávit de US$ 19,5 bilhões.


A piora no desempenho do Brasil no comércio exterior é explicada principalmente pela queda nas exportações , que fecharam o ano em US$ 224,018 bilhões, queda de 7,5%, já considerando a diferença de números de dias úteis. O saldo teria sido pior, caso as importações não tivessem também caído: ficaram em US$ 177,344 bilhões, queda de 3,3%, também considerando a média diária.

O resultado de 2019 é 20,5% inferior ao registrado em 2018, quando a balança comercial fechou com saldo positivo de US$ 58,033 bilhões. A corrente de comércio, que soma importações e exportações e é um indicador da inserção do país no mercado internacional, fechou o ano com queda de 5,7%, para US$ 401,363 bilhões.


No ano passado, o país que mais comprou do Brasil foi a China . As exportações para o país asiático somaram US$ 65,389 bilhões. Os EUA ficaram em segundo lugar, com US$ 29,556 bilhões em compras de produtos brasileiros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz