Aliança entre José Queiroz e Tony Gel pode atrapalhar a vida de Raquel Lyra em Caruaru, diz pesquisa

Foto: Ashlley Melo / JC Imagem

Do Blog de Jamildo

Uma pesquisa qualitativa realizada para medir a temperatura política na capital do Agreste, no segundo semestre do ano passado, apontou que a prefeita tucana de Caruaru Raquel Lyra pode ter problemas na reeleição este ano. Ainda com dificuldades para realizar todas as entregas, antes de entrar no último ano de mandato, a prefeita do PSDB tinha a gestão mal avaliada e poderia ser ameaçada por uma inusitada união local, de opositores, bem tradicionais na política local.

“O principal ponto que vem dominando as conversas sobre política atualmente na cidade é a possibilidade de aliança entre Zé Queiroz e Tony Gel, para enfrentarem a prefeita Raquel Lyra no ano que vem. A possibilidade é especialmente polêmica porque Queiroz é percebido como ex-aliado da família Lyra, e sua possível candidatura em aliança com Tony Gel parece de fato ameaçar o futuro de Raquel”, cita a pesquisa, ao retratar o que seria o clima de opinião sobre o cenário político.

“Para além das disputas dos grupos políticos, o cenário em Caruaru é de desejo por mudanças… As pessoas sentem falta de novos nomes e com força política para liderar Caruaru e levar a cidade para fora da crise atual”, informa o estudo. Mas os nomes que se apresentam, como Eric Lessa e Fernando Rodolfo, não são vistos com força política ainda. O deputado federal ainda pode ter que gramar mais ainda, por ser considerado neófito e forasteiro na cidade, conforme o estudo.

Numa das críticas à Raquel Lyra, os caruaruenses se ressentem de uma melhor relação com o governo Estadual, para levar dinheiro e oportunidades para a cidade.

No estudo, os participantes do grupo de estudo citaram que o clima dominante em Caruaru seria de estagnação. Elas reclamam que pouco ou nada mudou, nos últimos anos. Não haveria perspectiva de crescimento. Alguns pessoas falam mesmo em decepção.

O principal problema da cidade seria o desemprego.

O problema da violência também é citado e a conta é dividida com o Estado, na pessoa de Paulo Câmara, não apenas na conta da prefeita do PSDB.

A educação é elogiada como avanço por parte da gestão Raquel Lyra. As reformas de creche e escolas são reconhecidas como positivas. A prioridade dada pela gestão à educação é vista como a grande marca de Raquel Lyra.

Neste contexto, de cobranças de promessas, a prefeitura Raquel Lyra era negativamente avaliada, mesmo o povo dando um desconto pela crise da economia nacional.

O objetivo da pesquisa era identificar as percepções dos eleitores sobre contexto sócio-político local.

E Paulo Câmara?

“Paulo Câmara é mal avaliado e ao que parece não tem peso político na cidade.”, explica o estudo.

Nesta semana, o governador Paulo Câmara passou pela cidade, fez entrega de obras, mas não entregou o jogo político, como a formação das chapas.

Na avaliação da oposição ao governador do PSB, o apoio a Queiroz seria fato já consumado.

“Eles vão dar carga no PDT em Caruary. Com isto, Túlio Gadelha rodou no Recife. Eles precisavam tirar o PDT do palanque da oposição na capital”.

A cidade é governada por uma das principais críticas do governo Paulo Câmara, a prefeita Raquel Lyra (PSDB).

Papel de Bolsonaro

“Há uma forte divisão entre apoiadores e detratores do presidente Jair Bolsonaro. Bolsonaro é majoritariamente mal avaliado na cidade, mas seus apoiadores são um grupo significativo e fidelizado. Duas pautas os movimentam. Segurança e combate à corrupção”, frisa o documento.

Paulo Câmara com ações de Infraestrutura e 
Recursos Hídricos para o Agreste

Em agenda pelo Agreste do Estado, o governador Paulo Câmara mostrou ações na área de Infraestrutura e Recursos Hídricos para a população da região na quarta-feira (22.01).

Pela manhã, o governador inaugurou o Sistema de Abastecimento de Água (SAA) de Jucati, São Pedro e Neves, beneficiando os municípios de Garanhuns e Jucati, no Agreste Meridional.

De acordo com o governo, com um investimento de R$ 6 milhões, a iniciativa vai levar água para cerca de 15 mil habitantes, sendo 100% da população urbana da cidade de Jucati e das localidades de Neves (distrito) e São Pedro (em Garanhuns).

No município de Belo Jardim, no Agreste Central, o governador assinou a ordem de serviço para requalificação dos 30 quilômetros da PE 166 (Estrada de Serra dos Ventos).

A iniciativa faz parte do Programa Caminhos de Pernambuco, com um investimento de R$ 23 milhões.

Em Caruaru, Paulo Câmara assinou a ordem de serviço para requalificação e complementação da rede coletora do sistema de esgotamento sanitário, uma obra que representa um montante de R$ 3 milhões e vai beneficiar 90 mil habitantes (30% da população urbana da cidade).

O governador visitou a obra de expansão do sistema de esgotamento sanitário Alto do Moura e Rendeiras, a obra de requalificação de estações elevatórias de esgoto do SES Caruaru e as obras do Parque Janelas para o Rio.

No fim do dia, o governador esteve em Bezerros, onde visitou as obras do sistema de esgotamento sanitário do município. A primeira etapa da implantação conta com um investimento de R$ 43 milhões (obra e materiais), beneficiando cerca de 19 mil habitantes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz