Danilo cobra mais recursos no "Dia D" da Assistência Social


A Frente Parlamentar em Defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) participou, nesta terça-feira (26), de um ato do "Dia D do SUAS". O evento teve o objetivo de mobilizar, não só os parlamentares em Brasília, mas também em outros municípios, para a importância do bom funcionamento da Assistência Social. 

O presidente da Frente, deputado Danilo Cabral (PSB-PE), participou do evento e reforçou a necessidade da recomposição do orçamento do SUAS. “Hoje, o Brasil está fazendo um dia dedicado à mobilização da assistência social. Esse é o grande sistema de proteção à população mais vulnerável do país. O SUAS vem, desde o final de 2017, sofrendo ataques ao seu orçamento, justamente no período em que ele precisa ser ainda mais estruturado”, defendeu. Ele citou os dados do IBGE que revelam a existência de 13 milhões de brasileiros vivendo com R$ 140 mensais.

Danilo também relembrou que o Congresso Nacional vai votar, amanhã (27), o projeto de crédito suplementar (PLN 42) para reforçar em R$ 750 milhões para a Assistência Social. “Vamos ter uma importante deliberação no plenário da Casa. O valor desse PLN não resolve o problema, mas até isso está em ameaça. Precisamos devolver esse dinheiro à assistência social do país”, afirmou o parlamentar.

O socialista também é autor da PEC do SUAS, que é uma proposta de emenda à constituição que determina a reserva de 1% das Receitas Correntes Líquidas (RCL) da União para o financiamento do Sistema. "A nossa PEC representa a voz de todos que fazem e precisam da assistência social. É essa luta e essa unidade que temos que vai impor uma derrota a quem não acredita na força do povo".

Foto: Dinho Souto 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Imagens fortes. Jovem espanca e mata amante do pai no meio da rua