Ibope: No Nordeste, Ciro, Marina e Bolsonaro caem, Haddad cresce

Foto: Andréa Rêgo Barros/Divulgação

Estadão Conteúdo – Na disputa pelo espólio eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Nordeste, o candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) oscilou de 20% para 18% na preferência do eleitorado da região, conforme pesquisa Ibope divulgada nessa terça-feira (11). O último levantamento do instituto havia sido divulgado no dia 5 de setembro.

Fernando Haddad (PT), que foi confirmado como o candidato do PT nessa terça-feira, cresceu nas intenções de voto entre os nordestinos de 8% para 13%. Marina Silva (Rede) oscilou negativamente de 13% para 11% na preferência do eleitorado da região. Jair Bolsonaro (PSL), que nacionalmente lidera a pesquisa e cresceu com base no último levantamento, teve o desempenho inverso no Nordeste, caindo de 15% para 12%.

Já na região Sudeste Bolsonaro continua liderando com 29% das intenções de voto, acima dos 24% conquistados na semana anterior O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) ficou estagnado em 10% na região. Marina Silva era preferida por 11% dos eleitores no território, e agora é citada por 9% – o mesmo patamar considerando a margem de erro de dois pontos porcentuais Ciro tem 8% no Sudeste, mesmo índice que registrou há uma semana. Haddad continua com 6% da preferência na região em que foi ex-prefeito da capital paulista.

Bolsonaro no Sul

Após ser atacado com um golpe de faca no abdome, o maior crescimento de Bolsonaro na pesquisa Ibope se deu na região Sul, onde o candidato do PSL subiu de 23% para 37%. Quem caiu na região foi Marina Silva (PDT), que variou de 10% para 6%. Ciro Gomes (PDT) oscilou para baixo, indo de 10% para 8% no mesmo território. Entre os sulistas, Geraldo Alckmin é preferido por 8% dos eleitores, mesmo índice registrado na semana anterior.

Na soma das regiões Norte e Centro-Oeste, Bolsonaro tem a preferência de 31% dos entrevistados pelo Ibope. No último dia 5, o índice do candidato do PSL nesses locais era de 26%. Ciro Gomes aparece em segundo lugar nas duas regiões com 10% (tinha 13%), Marina caiu de 14% para 9% e Haddad subiu de 3% para 6%.

O Ibope foi às ruas entre os dias 8 e 10 de setembro e ouviu 2 002 eleitores aptos a votar nesta eleição. A margem de erro estimada é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-05221/2018.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara