Moro: "Não sou candidato, não serei candidato"

Juiz da Lava Jato voltou a negar pretensões políticas nesta terça-feira

Do R7

Moro disse que "profissão política é uma das mais belas"Paulo Whitaker/Reuters

O juiz federal Sérgio Moro voltou, nesta terça-feira (15), a ser questionado sobre o fato de ter o nome incluído em pesquisas de intenção de votos nas eleições. Ele negou qualquer interesse em largar a carreira jurídica.
— Eu penso que precisa ter um certo perfil e, sinceramente, não me vejo com esse perfil [político]. Eu fiz uma opção na minha carreira pela magistratura. Não me vejo e já disse mais uma vez e reitero quantas vezes forem necessárias, não sou candidato, não serei candidato. Nada disso.
No entanto, o magistrado elogiou a classe política e disse que os maus políticos são minoria.
— A profissão política é uma das mais belas. Nós, eventualmente, temos uma imagem pejorativa por conta de eventuais escândalos criminais, principalmente aqui. Mas existem muitos bons políticos.
O juiz participou nesta manhã de um evento em São Paulo.

Pesquisa Datafolha divulgada no fim de abril mostrava que, em um cenário com Lula e Marina Silva, o juiz venceria o ex-presidente numericamente: 42% contra 40%.

Outro levantamento, do Paraná Pesquisas, apontou no começo do ano que o juiz da LAva Jato era conhecido por 74,1% dos entrevistados.

Dentre os que declaram conhecer o juiz, um total de 67,8% admitiram a possibilidade de votar nele para a Presidência, sendo que 51,3% disseram que poderiam votar nele e 16,5% disseram que com certeza votariam em Moro para presidente. Apenas 3% disseram não saber.

Moro aproveitou o espaço para criticar a forma como a reforma política está se desenhando no Congresso. Segundo ele, as alterações não deverão melhorar o enfrentamento da corrupção no País.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara