No Recife, Luciana participa da leitura da Carta em defesa da Democracia


A vice-governadora Luciana Santos participou, nesta quinta-feira (11), de ato em defesa da democracia, na escadaria da Faculdade de Direito do Recife. No evento, professores, estudantes, juristas e integrantes de movimentos sociais fizeram a leitura da "Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito!".

De acordo com Luciana, a atividade marca uma posição do povo brasileiro em defesa da Democracia e uma reação às investidas autoritárias do presidente Jair Bolsonaro, que, além de fazer a defesa da ditadura militar, tem investido contra a reputação das urnas eletrônicas.

"Foi um dia histórico que marcou a mobilização da sociedade civil contra mais uma ameaça à Democracia. Bolsonaro está em situação desfavorável nas pesquisas e dá indícios de que quer imitar Trump nos EUA, no episódio do Capitólio. São evidências de que precisa haver uma grande reação do povo brasileiro, suprapartidária. E este manifesto é isso, demonstra a preocupação de segmentos crescentes sobre o que representa Bolsonaro para o país", disse.

O manifesto, organizado pela Universidade de São Paulo (USP), defende os pilares da democracia, as urnas eletrônicas e o respeito ao processo eleitoral que se avizinha. A iniciativa reedita documento semelhante produzido em 1977, durante a ditadura. Até esta manhã, a carta - que foi lida em atividades por todo o país - já contava com mais 940 mil adesões.

Segundo Luciana, a democracia brasileira garante conquistas civilizacionais em relação às quais não pode haver retrocessos. "Por mais que haja imperfeições no sistema judiciário, no parlamento, nas instituições de poder, nós não podemos achar que a solução seja o autoritarismo. A solução é aperfeiçoar a democracia. Viva o estado democrático de direito!", afirmou a vice-governadora.

Parte dos integrantes do ato do Recife chegaram em caminhada vindos da Universidade Católica de Pernambuco. Muitos carregavam cartazes, faixas e bandeiras do Brasil. A manifestação se iniciou com os hinos do Brasil e de Pernambuco.

Foto: Diego Galba

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre