Caravana Cidadã chega ao município de Surubim e capacita profissionais da assistência social do Agreste Setentrional


A iniciativa, criada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e executada em parceria com o Centro de Desenvolvimento e Cidadania (CDC), já percorreu nove cidades

 

A Caravana Cidadã, iniciativa que tem o objetivo de levar qualificação para trabalhadores e trabalhadoras do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), chegou à cidade de Surubim. O encontro, que aconteceu nesta terça-feira (23), reuniu mais de 60 profissionais das cidades do Agreste Setentrional. Essa é a nona cidade que o projeto aporta, após ter passado por Petrolina, Salgueiro, Arcoverde, Caruaru, Garanhuns, Palmares e Goiana. 

 

A Caravana foi criada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e executada em parceria com o Centro de Desenvolvimento e Cidadania (CDC). Presente na abertura do evento, o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Edilazio Wanderley, destacou a importância de fortalecer o SUAS e do compromisso do Governo do Estado de estar cada vez mais próximo dos profissionais municipais. “O trabalho socioassistencial garante a proteção às famílias, sobretudo aquelas que vivem em situação de vulnerabilidade social. É uma atividade que não para e que precisa ser fortalecida cada vez mais através da estruturação de seus equipamentos, da criação de iniciativas que amparem as pessoas e da qualificação constante dos profissionais que atuam na ponta, atendendo a população. O Governo do Estado tem atuado nas várias frentes para garantir em Pernambuco um SUAS consolidado e forte”, pontuou o gestor. 

 

Também estiveram na mesa de abertura os secretários executivos de Assistência Social, Altair Correia, e de Criança e Juventude, Cristiane Barbosa, o coordenador estadual do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, Leônidas Leal, a prefeita de Surubim, Ana Célia, e a vice-presidente regional do Colegiado Nacional de Gestores Municipais da Assistência Social, Penélope Andrade. 

 


A capacitação promovida pelo projeto é composta por uma palestra de abertura sobre o fortalecimento do SUAS à luz do Pacto Federativo e por oficinas sobre “Controle Social”, “Segurança Alimentar e Nutricional”, “Vigilância Socioassistencial e CadÚnico”, “Plano Decenal de Atendimento Socioeducativo”, “Proteção Social Básica”, “Proteção Social Especial” e “Políticas para Criança e Juventude e Segmentos Sociais”, todas realizadas por profissionais das secretarias executivas de Assistência Social, de Políticas para Criança e Juventude e de Segmentos Sociais da SDSCJ. Cada município inscreve até quatro profissionais, que recebem certificação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre