Santa Cruz realiza grande campanha de vacinação infantil em todas as UBSs

Atualização da caderneta de vacina é um dos requisitos para o Selo UNICEF


Na última semana, a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe realizou uma extensa campanha de vacinação infantil em todas as Unidades Básicas de Saúde do município, com o objetivo de atualizar a caderneta de vacinas das crianças de 0 a 5 anos da Capital da Moda. A ação ocorreu durante o Saúde na Hora, onde as Unidades funcionam com horário estendido para melhor atender a população, além do Dia D de Vacinação que ocorreu no último sábado (19). Durante a campanha, o repórter Jairo Gomes realizou visitas em algumas das Unidades, buscando melhores informações sobre a ação e o atendimento à população.

"A comunidade sempre comparece para a vacinação de rotina, contemplando crianças e adultos nas segundas, quintas e sextas. Dessa vez, graças ao horário estendido, focamos na atualização da caderneta das crianças, principalmente as menores de 5 anos", disse a enfermeira Luciana Lustosa, da UBS do São Cristóvão. "Além disso, realizamos o acompanhamento de saúde da mulher e de crianças até 2 anos de idade, assistindo o crescimento e desenvolvimento do pequeno. A unidade oferece o acompanhamento de saúde da mulher, realizando o exame citológico nas quartas-feiras pela manhã e caso necessário encaminha para o serviço especializado, que poder ser para o ginecologista ou para o exame de mamografia, entre outros".

Já na Unidade do Santa Filomena, o pai de família Vinicius Pereira destacou o excelente atendimento. "Minha filha foi bem atendida e recebeu suas vacinas, coisa que eu já esperava, pois sempre somos bem recebidos neste posto de saúde. A pequenina chorou um pouquinho por conta da injeção, mas sabemos que é para seu bem", afirmou.

Caroline Souza, enfermeira chefe da UBS/Santa Filomena, também destacou o amplo atendimento para crianças. "Nós atendemos desde o pré-natal, atualmente temos 82 crianças de 0 a 2 anos sendo acompanhadas por nós, onde fazemos a medição do perímetro encefálico e torácico, que servem para conferirmos se ela não está desnutrida, além é claro do acompanhamento da caderneta de vacinas, pois sabemos que, nessa pandemia, muitas crianças tiveram suas vacinas atrasadas, e essa campanha é apenas um dos passos que estamos realizando para atualizar as cadernetas", afirmou. "Realizamos há pouco uma ronda nos bairros buscando as crianças que estavam com vacinas em atraso, para assim podermos solicitar esses imunizantes para a IV Geres, que é a responsável pela distribuição das mesmas. Com o horário estendido, várias pessoas que trabalham durante o dia inteiro podem vir até nós, a atualização das cadernetas e de outros exames estão correndo bem".

Além das campanhas de vacinação, as Unidades de Saúde realizam vacinação semanalmente, bastando o cidadão apenas se informar os dias em que são feitas as aplicações.

Edição- Jorge Luis
Reportagem- Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre