“Nossa missão é eleger Danilo Cabral e Lula juntos”, afirma Tadeu Alencar


Em um evento realizado em Garanhuns com integrantes da Frente Popular de Pernambuco, no Agreste do Estado, o Deputado Federal Tadeu Alencar fez um forte discurso em defesa do legado construído até aqui pelo PSB em Pernambuco e também dos nomes de Danilo Cabral para assumir o lugar de Paulo Câmara e pela volta de Lula ao posto de Presidente do Brasil. Para o parlamentar, é fundamental que a dobradinha se dê nas urnas em outubro para que Pernambuco tenha ainda mais oportunidades de crescimento.

“Vamos para as ruas defender o legado do PSB e da Frente Popular de Pernambuco, defender o nosso candidato Danilo Cabral e defender que o Presidente Lula seja eleito para corrigir esse desacerto que está no Governo Federal e que a gente possa devolver o Brasil ao rumo certo, devolver aos brasileiros a esperança e continuar a esperança do povo pernambucano. Para isso, nossa missão é eleger Danilo Cabral e Lula juntos”, comentou Tadeu.

Tadeu exaltou o trabalho que vem sendo realizado pelo Governador Paulo Câmara, que está em seu oitavo ano de mandato e em nenhum momento de sua gestão teve na Presidência da República um aliado.

“Aqui em Pernambuco nós temos um líder e foi muito importante que o Estado tivesse sob o comando das mãos seguras, qualificadas, competentes e sob o espírito público do Governador Paulo Câmara. É por isso que Pernambuco está de pé e cumpriu todos os seus deveres. Eduardo Campos, por exemplo, governou afinado com o Presidente Lula, enquanto Paulo atravessou crises sequenciadas, como a econômica, a política e a sanitária. E mesmo passando por tudo isso vai entregar o nosso Estado com ações estruturadoras em todas as áreas. Um Estado que tem a melhor educação de Ensino Médio do Brasil, que está com as contas em ordem e que hoje tem o Programa Retomada investindo R$ 5 bilhões em diversos municípios, criando as condições para uma forte retomada da nossa economia”.

Sobre Jair Bolsonaro, Tadeu não poupou críticas e o classificou como a principal e pior crise vivida pelo Brasil.

“É preciso virar essa página triste que se chama Bolsonaro. Ele negligenciou todos os seus deveres como Presidente da República. Todos. A crise sanitária, a econômica, o meio ambiente que quer destruir, a Cultura que faz questão de perseguir como inimiga, a Democracia que quer enfraquecer. Esse erro histórico chamado Bolsonaro precisa ser varrido da cena política brasileira. Ele é a própria crise, gravíssima, que nós vivenciamos”, concluiu Tadeu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre