Fábio Aragão destaca diálogo e avanço nas negociações com os professores em Santa Cruz

Membros da categoria e da gestão participaram de reunião na última sexta-feira (25)

Prefeito Fábio Aragão no anúncio da Operação Carnaval/25FEV2022

Na última semana, o Prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão, participou de uma reunião com representantes dos professores da capital da Moda para dar continuidade as negociações em relação ao reajuste de salário da categoria, algo que vem rendendo muita discussão nas últimas semanas. Em conversa com o repórter Jairo Gomes, o gestor municipal destacou o diálogo entre as duas partes, afirmando que o encontro teve resultados positivos.

"Estamos tentando de toda maneira o diálogo, e agora tivemos uma reunião muito produtiva e tranquila com os professores, e conseguimos avançar. Fizemos uma proposta inicial e recebemos uma contraproposta, que será analisada financeiramente e juridicamente. Dia 11 teremos mais uma reunião para chegar num acordo, e esperamos concretizar isso nesse encontro", destacou.


O prefeito também destacou a valorização do servidor público desde o início do mandato. "Tivemos essas conversas com os professores, também tivemos com os guardas municipais e outras categorias, e infelizmente sabemos que nem sempre dá para fazer tudo o que queremos, mas temos uma lei de responsabilidade fiscal e um compromisso com as finanças do município. Não adianta darmos aumentos agora e não cumprirmos. Sem falar na possibilidade de atrasos, algo que não aconteceu em nenhum momento de nossa gestão. Muito pelo contrário, estamos antecipando o pagamento do salário dos servidores em muitas ocasiões, como foi o caso neste mês de fevereiro", disse. "Isso tudo é fruto de um trabalho sério vindo da Secretaria de Finanças na parte de Janaína e de Paulo tesoureiro. É um planejamento baseado na responsabilidade e que queremos manter durante todo nosso mandato".

O gestor também enfatizou os constantes anúncios vindos de sua gestão, que assim como muitas outras em todo o Estado, assumiu a prefeitura em maus lençóis. "Assumimos com muitas dividas da gestão anterior, e montar um aporte financeiro levou um certo tempo. Mas agora estamos mantendo o ritmo de toda semana entregar uma novidade, e isso requer um enorme planejamento. Eu entendo bem a situação de outros prefeitos, pois venho mantendo um diálogo com todos, e existem muitas nuances que dificultam a administração pública".

Ao ser questionado sobre a recente decisão do Tribunal de Contas a respeito da paralisação dos pagamentos a empresa responsável pela reforma das escolas, Fábio se demonstrou tranquilo. "Fico muito feliz por eles terem vindo nos encontrar para analisar todas as questões envolvendo as reformas. Após isso, eles fizeram uma medida cautelar pois não concordaram com a tabela de preços que utilizamos, pois eles preferem que usemos a de Pernambuco. Porém, essa tabela não possui alguns itens que costumamos usar nesse tipo de construção. Agora, faremos nossa defesa e, junto dos técnicos do Tribunal, vamos analisar a questão do nosso entendimento e do deles. Caso seja acordado que a obra precisa de uma reestruturação, ficaremos tranquilos pois ainda não finalizamos os pagamentos, e vamos fazer o que é correto e esperar a decisão do Tribunal após apresentarmos nossa defesa", concluiu.


Neste período carnavalesco Fábio aproveitou para visitar os retiros religiosos, a exemplo da UMADESC, evento promovido pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus, que tem o Pastor André Alencar como gestor local.

Edição- Jorge Luis
Reportagem- Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre