“Não estamos em busca de um projeto, vamos anunciar um nome que agregue e continue a tocar o projeto da Frente Popular em Pernambuco”, afirmou Sileno Guedes


O programa Cidade em Focos, através da Rede Pernambuco de Rádios entrevistou Sileno Guedes, presidente estadual do PSB e Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. No momento, Sileno falou sobre o pagamento do 13º do Bolsa Família, comentou o processo de federação partidária, destacou as credenciais para escolha do nome que vai representar a Frente Popular nas eleições desse ano, contou sobre a relação entre PSB e PT, formação da chapa majoritária e preparação do PSB para as eleições proporcionais.

Sileno Guedes começou a entrevista falando sobre o anuncio do pagamento do 13º aos beneficiários do Bolsa Família pelo governo de Pernambuco. O programa vai beneficiar diretamente mais de 1 milhão de famílias carentes. Disse que serão injetados cerca de R$ 170 milhões na economia do Estado. Ainda de acordo com o secretário, os pagamentos serão feitos em uma única etapa e vão acontecer entre os dias 14 e 25 de fevereiro.

O presidente contou que o governador está cumprindo suas promessas, tem conversando, está escutando os filiados da Frente Popular e está tranquilo, pois tem recebido apoio dos partidos para conduzir com calma, o processo de sua sucessão. O socialista falou que diferentemente da oposição, a Frente Popular não está em busca de um projeto, estão escolhendo um nome que reúna todas as credenciais e represente bem a frente Popular nas eleições desse ano.

Ao comentar sobre a possibilidade do deputado federal Danilo Cabral ser o escolhido para concorrer ao cargo de Governador, o Secretário disse que Danilo tem todas as credencias para ser candidato, já participou da gestão como secretário é um excelente parlamentar, mas quem vai definir essa questão será Paulo Câmara, acredita que ainda essa semana o nome do candidato da Frente Popular ao governo do Estado será divulgado.

Sileno contou que a formação da chapa majoritária está sendo desenvolvida em duas etapas, a 1ª é a escolha do candidato a governador e a 2ª será na composição das vagas da chapa majoritária. Contou que todos os partidos têm legitimidade de buscar seu espaço e conquista uma vaga, mas tudo vai ser decidido de forma correta e transparente para que ninguém seja prejudicado. O presidente também falou que o PSB renovou sua diretoria no final do ano passado e para esse ano pretende fazer duas chapas competitivas, uma para deputado estadual e outra para federal. O socialista afirmou não ter dúvidas que o PSB vai continuar com sua hegemonia nos parlamentos.

Sobre a federação partidária, Sileno classificou a iniciativa como boa e importante, mas é complexa, mexe com a autonomia dos partidos. Contou que a federação é um instrumento grande, porém, está com pouco tempo para ser discutido, mas sendo aprovada, será um mecanismo valioso para os partidos. Ao comentar sobre sua candidatura a deputado estadual, Guedes disse que está conversado com algumas pessoas e tem se apresentado a população com o espirito de contribuir com os pernambucanos. Disse que o momento é de diálogo para fortalecer seu projeto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre