Moro perderia mais facilmente para Lula do que Bolsonaro, diz senador

Senador diz que o nome de Geraldo Alckmin como vice na chapa do ex-presidente Lula ainda não está pacificado dentro do partido

Por
iG Último Segundo

Agência Brasil
Moro perderia mais facilmente para Lula do que Bolsonaro, diz senador

Pré-candidato ao governo da Bahia e membro da ala moderada do Partido dos Trabalhadores (PT), o senador Jaques Wagner considera Sergio Moro um adversário mais fácil de ser batido pelo ex-presidente Lula em um eventual segundo turno, do que o presidente Jair Bolsonaro. Segundo o senador, o Centrão será atraído para a base em um eventual governo do PT.

Jaques Wagner disse, em entrevista ao jornal 'O Globo', que o nome do ex-governador Geraldo Alckmin como vice na chapa de Lula da Silva ainda não está pacificado dentro do partido, mas defende que o antigo adversário cumpre um requisito essencial ao posto: “ser complementar ao presidente”.

"Acho que não se deve misturar montagem de governo com montagem de chapa. Se olhar para o histórico do Lula, o vice-presidente dele sempre teve ocupação (José Alencar foi ministro da Defesa). Mas é muito do perfil do vice. Ele (Alckmin) tem tamanho para ser (ministro). Sinceramente, acho que isso não está em discussão, porque é futurologia pura. Alckmin cumpre o que acho que o vice deve ser: complementar ao presidente", disse.

Em meio ao favoritismo indicado pelas pesquisas, o parlamentar afirma que os integrantes do PT devem “botar a sandalinha da humildade” e evitar um clima antecipado de vitória.

Leia também
Sobre Moro, o petista afirmou que "o melhor adversário para enfrentar o Lula no segundo turno é o Moro. Porque o Moro é a mentira que cada vez fica maior. E ele não tem um grupo de adeptos como o outro (Bolsonaro) tem. Ele não tem esse exército de seguidores e não tem nada de político. Como eu acho que a última opção do povo por alguém que não era da política não deu muito bom resultado, eu não sei se vão optar de novo".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre