Neto Gonçalves: Um secretário que se destaca no governo Fábio Aragão

Neto assumiu a Secretaria de Serviços Públicos de Santa Cruz do Capibaribe em janeiro e vem se destacando com ações implementadas desde o começo da gestão


Com 10 meses da gestão Fábio Aragão, o município de Santa Cruz do Capibaribe tem recebido diversas ações e implementações em benefício da população, com destaque para o setor de Serviços Públicos, comando por Neto Gonçalves. Em conversa com o repórter Jairo Gomes, o secretário destacou algumas das suas principais ações nesse período inicial do novo governo, que começou com o Programa Cidade Limpa, e depois também foram implementados programas de tapa buraco e troca de lâmpadas e postes dos bairros.

"Temos trabalhado muito e organizado a casa. Sabemos que tudo quando parte do zero é mais complicado, mas a vontade de fazer diferente e com responsabilidade é maior do que isso. Nesse Dia de Finados, realizamos toda uma limpeza e pintura nos cemitérios do município, e esse é o foco do nosso trabalho, fazer com que as pessoas visitem esses espaços públicos e possam desfrutar de um local organizado, limpo e onde a população possa se sentir bem", disse.

Neto também destacou que todas essas ações fazem parte de uma organização entre todos os setores. "Tudo isso é uma soma de forças que contribuí para o bem comum. Temos um bom relacionamento com todos os secretários e o prefeito Fábio Aragão nos dá toda a atenção e condição para realizar esses trabalhos. Juntos somos mais fortes e temos sempre nos ajudado, tanto em dias comuns como em datas festivas", afirmou.

Uma das maiores reclamações de muitos santa-cruzenses são os diversos buracos em ruas e avenidas e a falta de iluminação pública em locais mais distantes, e Neto frisou que essas duas áreas foram e permanecerão uma prioridade durante a gestão. "No campo da iluminação, nós tratamos direto com a Celpe sobre essa questão, e hoje a prefeitura já está realizando diversas manutenções nas ruas. Sabemos que é um trabalho continuo, e sabemos que não resolveremos isso do dia pra noite, mas já temos mais de 1800 pontos de iluminação com luzes trocadas", disse. "Quanto a operação tapa buracos, já fizemos o processo de licitação para iniciar as obras, mas infelizmente a empresa vencedora solicitou o distrato contratual. Com isso, vamos realizar um novo processo para fazermos a reposição de forma contínua. Sabemos que muitas coisas não dependem somente de nós, mas estamos trabalhando e buscando maneiras de realizarmos nossas ações o mais rápido possível e da melhor maneira."

Outra pauta de extrema importância para a população é o saneamento básico, que rende muita dor de cabeça com esgotos estourados em muitas ruas do município. Sobre isso, Neto destacou a atuação do Governo do Estado para resolver esse quesito. "Existe uma etapa de reestruturação da rede de saneamento. Sabemos que Santa Cruz sofre com isso há muito tempo, e estamos tendo o cuidado de agir perante essas questões o mais rápido possível. Sempre que recebemos a demanda, estamos prestado o serviço de forma rápida e eficaz. Em paralelo a isso, estamos trabalhando no planejamento da reestruturação desses locais", afirmou. "Não posso lhe dizer se podemos fazer tudo em quatro anos, mas o que tiver ao nosso alcance, e dentro das condições do município, vamos trabalhar para resolver todas essas demandas."

O secretário também frisou que, a partir do ano que vem, com a situação da Pandemia deveras controlada, o objetivo é sanar todas essas questões. "Queremos resolver de forma instantânea a situação da iluminação pública, além de planejar de forma intensa a operação tapa buracos. Como somos uma secretária de manutenção, estamos muito focados na limpeza urbana, na iluminação, na reposição de pavimento e no cuidado dos espaços públicos, e daqui pra frente, nosso objetivo é ampliar ainda mais nossos serviços para que, a cada ano, façamos um trabalho melhor que o anterior", concluiu.

Edição- Jorge Luis
Reportagem- Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado