Em Dubai, Bolsonaro diz que casamento com PL deve atrasar

Congresso em Foco


O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (14), em Dubai, que a data de filiação ao Partido Liberal (PL) deverá ser adiada. Segundo ele, ainda tem muito a ser conversado com o presidente do partido Valdemar Costa Neto. A data de filiação chegou a ser anunciada por Costa Neto como dia 22 de novembro.

“Quer saber a data da criança se eu nem casei ainda? Que data vai nascer a criança? Tem muita coisa a conversar com o Valdemar”, disse o presidente.

No início da semana, Bolsonaro disse estar “99%” confirmado no PL. O anúncio oficial veio do partido, por meio de nota após reunião de Bolsonaro com o presidente da sigla no Palácio do Planalto. No entanto, Bolsonaro prevê um atraso na data imposta pelo presidente da legenda para o casamento.

“Eu acho difícil essa data de 22. Tenho conversado com ele, e estamos em comum acordo que podemos atrasar um pouco esse casamento para que ele não comece sendo muito igual aos outros”, afirmou.

LEIA TAMBÉM
O presidente afirma que ainda há pontos a serem definidos, como as “pautas conservadoras”.

A data foi negociada pela cúpula do PL pelo caráter simbólico, já que 22 é o número da sigla na urna eletrônica. Desde 2019, o PL apoiou Bolsonaro em 93% das votações na Câmara e 87% no Senado.

AUTORIA
SANDY MENDES Repórter. Graduanda em Jornalismo pela Universidade Paulista (Unip). Passou pelas assessorias de comunicação da Receita Federal e da Anasps. Também atuou como estagiária do colunista Guilherme Amado e no Poder360.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado