Sileno Guedes anuncia implantação de cozinha comunitária no município de Escada

O Governo do Estado vai destinar R$194 mil para a implantação do equipamento, que faz parte do programa Tá na Mesa PE. A unidade tem a previsão de produzir cerca de 200 refeições diárias


O município de Escada entra na rota do Programa Tá na Mesa PE e recebe recursos estaduais para implantar a cozinha comunitária da cidade. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (28) pelo secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), Sileno Guedes, durante visita do governador Paulo Câmara à região. A iniciativa faz parte das estratégias do Governo do Estado para combater a insegurança alimentar e nutricional, além de fortalecer a ação coletiva e a identidade comunitária.


O Tá na Mesa PE faz parte da política da Assistência Social e monitora as 28 cozinhas espalhadas pelas 25 cidades do Estado. Nos últimos meses, o Governo do Estado tem anunciado a disponibilidade de recursos para a reabertura de unidades e a implantação de novas cozinhas comunitárias. Esses equipamentos, que são públicos e atuam como ferramentas de educação e segurança alimentar e nutricional, terão capacidade de produção de cerca de 200 refeições diárias. 


O secretário da SDSCJ Sileno Guedes, destaca que as cozinhas comunitárias têm um papel importante na inclusão social produtiva e vão além da garantia de acesso a uma refeição saudável e adequada para os que estão em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional. “O Governo de Pernambuco, através do Plano de Retomada, já tem dado resultados positivos para o Estado e um deles é a implantação das cozinhas comunitárias, que são equipamentos que vão contribuir com o hoje, com o cuidado às pessoas em vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional, com alimentação diária e de qualidade”, pontua o gestor. 


Para Escada, serão destinados R$50 mil para a aquisição de equipamentos, móveis e utensílios, e R$144 mil, repassados em 12 parcelas de R$12 mil, para alimentos e insumos, um total de R$194 mil. Os recursos serão repassados pelo Sistema de Transferência do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS), para os fundos de assistência social dos municípios na modalidade fundo a fundo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado