PSDB de Pernambuco filia prefeita de Catende


A presidente do PSDB Pernambuco, a prefeita de Caruaru Raquel Lyra, filiou nesta terça, 10 de agosto, a prefeita de Catende, município da Mata Sul, Dona Graça. “Para mim é muita alegria ser companheira de partido de uma mulher com a sua história, que em uma região empobrecida, tem capacidade de conseguir dialogar e buscar soluções aos desafios e tem conseguido desenvolver um mandato que conta com quase 90% de aprovação”, frisou Raquel.

Primeira mulher prefeita de Catende, Dona Graça disse estar muito feliz em ingressar no PSDB “ por seguir nosso líder político Armando Monteiro, que sempre foi um grande entusiasta e apoiador de meu projeto político, a deputada Alessandra Vieira, que tem se mostrado uma grande amiga e companheira do nosso município e nossa presidente Raquel Lyra , que é um exemplo de gestora para todos e tem fortalecido o movimento das mulheres na política”, frisou.

O ato contou com as presenças do prefeito de São Joaquim do Monte Duguinha Lins, do vice-prefeito de Catende Antônio do Egito, da prefeita de Jaqueira Ridete Pellegrino, do ex-senador Douglas Cintra, do ex-deputado Zé Humberto, dos ex-prefeitos Rildo Braz (Catende) e Edson Vieira (Santa Cruz do Capibaribe), do presidente da Câmara de Catende, Djalma Loureiro, vereadores e lideranças da região.

Cortês- Finalizando a agenda na Mata Sul, Raquel Lyra realizou uma visita institucional à prefeita de Cortês Fátima Borba. “Somos poucas prefeitas mulheres em Pernambuco e é sempre importante nos aproximar, conhecer os desafios umas das outras e aprender com a prefeita Fátima e com a sua capacidade de fazer mais com menos, de inovar no serviço público e de garantir esperança ao povo de Cortês neste momento de tantos percalços”, destacou a presidente do PSDB Pernambuco.

“Raquel trouxe experiência de uma gestão exemplar e essa troca de ideias vai servir fazer mais pela população”, completou Fátima Borba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado