Acusado de promover fake news, senador Heinze poderá sofrer sanção ética

Senador oposicionista Alessandro Vieira (Cidadania-SE) entrou com uma representação contra o parlamentar da base Luiz Heinze (PP-RS)

BL Bruna Lima
Correio Braziliense

(crédito: Edilson Rodrigues)

Alegando promoção de fake news durante a participação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) entrou, nesta terça-feira (8/6), com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra o parlamentar da base do governo Luis Heinze (PP-RS).

Segundo Vieira, o que motivou a representação foram as "reiteradas tentativas de desinformação", a despeito dos "alertas feitos pela Mesa e por colegas de que documentos e dados que não correspondem à verdade estão sendo reiteradamente apresentados". Na avaliação do senador, Heinze "está prestando um desserviço repetidamente, trazendo informações falsas''.

Integrante da tropa de choque em defesa a Bolsonaro, Heinze tem ganhado destaque na CPI ao trazer todos os tipos de argumentos e dados a fim de promover o tratamento precoce com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada para tratar a covid-19, como a hidroxicloroquina.

Pedido de retratação

Para sustentar as teses, o governista insiste na retratação da revista Lancet, a fim de refutar estudos que demonstram a ineficácia da cloroquina, e traz, para isso, a citação de cientistas que defendem a medicação, como o francês Didier Raoult. Por mais de uma ocasião, Heinze disse que o Amapá tem a menor letalidade do país, usando o argumento de que o estado adotou o tratamento precoce.

Representante do estado e oposicionista, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), chegou a bater boca com o parlamentar da base, afirmando que ele estava "mentindo" e que trazia um "dado fraudado".

O anúncio de que seria alvo de uma representação junto ao Conselho de Ética foi feito durante a sessão, e Heinze se defendeu: "As minhas informações não são falsas. Pode entrar com representação sem problema nenhum".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz