Acusado de promover fake news, senador Heinze poderá sofrer sanção ética

Senador oposicionista Alessandro Vieira (Cidadania-SE) entrou com uma representação contra o parlamentar da base Luiz Heinze (PP-RS)

BL Bruna Lima
Correio Braziliense

(crédito: Edilson Rodrigues)

Alegando promoção de fake news durante a participação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) entrou, nesta terça-feira (8/6), com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra o parlamentar da base do governo Luis Heinze (PP-RS).

Segundo Vieira, o que motivou a representação foram as "reiteradas tentativas de desinformação", a despeito dos "alertas feitos pela Mesa e por colegas de que documentos e dados que não correspondem à verdade estão sendo reiteradamente apresentados". Na avaliação do senador, Heinze "está prestando um desserviço repetidamente, trazendo informações falsas''.

Integrante da tropa de choque em defesa a Bolsonaro, Heinze tem ganhado destaque na CPI ao trazer todos os tipos de argumentos e dados a fim de promover o tratamento precoce com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada para tratar a covid-19, como a hidroxicloroquina.

Pedido de retratação

Para sustentar as teses, o governista insiste na retratação da revista Lancet, a fim de refutar estudos que demonstram a ineficácia da cloroquina, e traz, para isso, a citação de cientistas que defendem a medicação, como o francês Didier Raoult. Por mais de uma ocasião, Heinze disse que o Amapá tem a menor letalidade do país, usando o argumento de que o estado adotou o tratamento precoce.

Representante do estado e oposicionista, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), chegou a bater boca com o parlamentar da base, afirmando que ele estava "mentindo" e que trazia um "dado fraudado".

O anúncio de que seria alvo de uma representação junto ao Conselho de Ética foi feito durante a sessão, e Heinze se defendeu: "As minhas informações não são falsas. Pode entrar com representação sem problema nenhum".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre